Robben revela que política do Real Madrid culminou em sua saída
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Robben revela que política do Real Madrid culminou em sua saída

Robben Bayern de Munique
Robben é um dos ídolos do Bayern de Munique (Foto: AFP)
LANCE! - 24/05/2019 - 14:33
Munique (ESP)
Robben vai deixar o Bayern de Munique no fim da temporada depois de dez anos com a camisa do clube. O atacante relembrou os motivos de ter deixado o Real Madrid, em 2009, antes de assinar com os Bávaros. O holandês ressaltou que ir para o Bayern foi a melhor decisão de sua carreira e disse que a saída do clube espanhol teve influência de Cristiano Ronaldo e Florentino Pérez.

- Não foi só por causa (da chegada) de CR7. Florentino Pérez voltou como presidente e comprou Ronaldo, Kaká, Benzema e Xabi Alonso. Gastaram tanto dinheiro que nos disseram que precisavam lucrar com saídas. Para mim foi uma pena, tinha boa relação com Pellegrini (treinador da época) e tive, talvez, a melhor pré-temporada da minha carreira - disse o holandês, ao 'As' e completou, criticando a política do clube:

- Ficou difícil com a mudança de comando no Real. Joguei bem lá, mas quando a política entra em jogo e não tem oportunidades reais, você deve decidir se quer continuar lutando ou continuar sua carreira em outro lugar

TRIUNFO E ÍDOLO
Robben deixou o Real Madrid e foi tentar a sorte no Bayern de Munique. Deu tudo certo: o atacante se tornou um dos maiores jogadores da história do clube. Conquistou oito títulos do Campeonato Alemão e a Liga dos Campeões (2012/13), seu grande objetivo.

- A decisão não foi fácil. Se tratava de deixar um grande clube como o Real Madrid, não tinha volta. O Bayern não estava com muito êxito na Europa naquele momento. Meu objetivo sempre foi conquistar a Liga dos Campeões, queria mostrar que era bom o suficiente. A mudança para o Bayern de Munique foi a melhor da minha carreira - sentenciou

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance