Relembre técnicos que voltaram a ex-clubes após curto período fora
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



13/03/2019 | 16:17

Relembre técnicos que voltaram a ex-clubes após curto período fora

  •  Montagem técnicos
    Com a demissão de Santiago Solari, o Real Madrid anunciou o retorno de Zidane ao cargo de treinador do clube, após nove meses de sua saída. Essa volta rápida a um ex-clube não é privilégio de Zizou. Outros treinadores já fizeram o mesmo, como Leonardo Jardim (Monaco) e o lendário treinador do Manchester United, Sir Matt Bubsy. No Brasil, Fábio Carille, no Corinthians e Cuca, no Palmeiras, são outros exemplos Divulgação
  •  Fábio Carille
    Fábio Carille substituiu Tite no Corinthians, em 2016 e foi muito bem: conquistou o Campeonato Brasileiro de 2017. Vitorioso, anunciou sua saída do Timão, em maio de 2018, para ir se aventurar Al-Wheda. Sete meses depois, voltou para o Corinthians, no fim de 2018. É o atual treinador do clube paulista (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
  •  Leonardo Jardim - Borussia Dortmund x Monaco
    Leonardo Jardim chegou no Monaco em 2014 e foi substituído, por Thierry Henry, no fim de 2018. O ex-jogador francês, porém, não foi bem no comando da equipe francesa e foi demitido precocemente. Como solução, o clube do Principado anunciou o retorno do português, que voltou a comandar o Monaco, menos de três meses depois de ter saído (Foto: Sascha Schuermann / AFP)
  •  Coletiva Zidane - Real Madrid
    Zidane começou sua carreira de treinador no Real Madrid B (Castilla) e, logo depois, assumiu o time principal dos Merengues, em 2016. Permaneceu até 2018 e, nesse meio tempo, conquistou três títulos da Liga dos Campeões. Surpreendeu o mundo ao anunciar sua saída após um período tão vitorioso. Foram nove meses de hiato. Nesta segunda-feira, foi anunciado o seu retorno aos Blancos AFP
  •  2007 - Renato Gaúcho (Fluminense)
    Em 2002, Renato Gaúcho assumiu o Fluminense e levou o time ao 4º lugar do Brasileiro, com Romário no ataque como principal jogador. Foi demitido após 52 jogos, com 14 vitórias, 12 empates e 16 derrotas. Três meses depois de ser demitido, retornou ao clube carioca e ficou por mais 13 jogos e evitou o rebaixamento do Tricolor, em 2003 (Foto: Cleber mendes)
  •  Sir Matt Busby, ex-técnico do Manchester United (Foto: Divulgação)
    Treinador histórico do Manchester United, Sir Matt Busby treinou os Diabos Vermelhos de 1945 a 1969. Após esse período, retornou ao clube, depois de rápida passagem pela seleção escocesa, no fim de 1970. Permaneceu no United até 1971, quando se aposentou. No clube, conquistou cinco títulos do Campeonato Inglês, dois da Copa da Inglaterra e uma Liga dos Campeões (1967/68) Sir Matt Busby, ex-técnico do Manchester United (Foto: Divulgação)
  •  Cuca Fluminense 2008
    Em outubro de 2008, Cuca foi demitido do Fluminense, após nove partidas no comando do clube tricolor. Na sequência, em dezembro, foi contratado pelo Flamengo, onde também não ficou por muito tempo. Nove meses depois, retornou ao Fluminense, em 2009, após Renato Gaúcho deixar o cargo Gilvan de Souza/Lancepress!
  •  Francesco Guidolin
    Na Itália, o treinador Francesco Guidolin teve diversas passagens pelo Palermo, em curtos períodos de tempo. A primeira foi de novembro de 2007 a março de 2008. Retornou ao clube em junho de 2006 e permaneceu até abril de 2007. Sete meses depois, voltou para o clube italiano, em novembro de 2007. Ficou até março de 2008. Foi campeão da Segunda Divisão, em 2003/04 (Foto: Reprodução)
  •  Cuca Palmeiras 2016
    Cuca deixou o Palmeiras, no fim de 2016, após a conquista do Campeonato Brasileiro, por motivos pessoais. Cinco meses depois, o treinador voltou para o Verdão e permaneceu por mais 34 jogos, com 16 vitórias. Depois foi para o Santos e, atualmente, comanda o São Paulo AFP
  •  Marcello Lippi
    Um dos maiores técnicos da história da Itália, Marcello Lippi fez história na Juventus. Sua primeira passagem foi de 1994 a 1999. Depois, comandou a Internazionale, por um breve período de tempo e voltou a Velha Senhora, pouco mais de um depois, em julho de 2001 e permaneceu até 2004. Nessas duas passagens, conquistou cinco títulos do Campeonato Italiano e uma Liga dos Campeões (96/96). Posteriormente conquistaria a Copa do Mundo, com a Itália, em 2006 (Foto: AFP PHOTO)
  •  Guto Ferreira - Bahia
    Guto Ferreira ganhou notoriedade no comando do Bahia, entre 2016 e 2017. Nesse mesmo ano, deixou o clube e assinou com o Internacional. A passagem no clube gaúcho, porém, foi rápida e, sete meses depois, o 'Gordiola' retornou para o clube nordestino Divulgação/ Felipe Oliveira
  •  Louis van Gaal dirigiu a Holanda na Copa e está sem emprego desde que deixou o Manchester United em julho
    Um dos grandes técnicos da histórica, Louis Van Gaal treinou o Barcelona, em sua primeira passagem, de 1997 a ate maio de 2000. Após breve passagem na seleção holandesa, retomou o cargo em 2002, pouco mais de um ano após deixar a Catalunha. Somando todas essas passagens, Van Gaal conquistou dois Campeonatos Espanhóis (98 e 99) (Foto: ROBIN VAN LONKHUIJSEN / ANP / AFP)
  •  Redknapp diz que demissão de Mourinho seria inacreditável (Foto: Arquivo LANCE!)
    O ex-jogador e ídolo do Liverpool, Harry Redknapp foi um dos grandes treinadores da história do Portsmouth. Em sua primeira passagem, de 2002 a 2004, conseguiu o acesso para a Premier League (2003). Ao deixar o clube em novembro de 2004, teve rápida passagem pelo Southampton e retornou ao clube, em dezembro de 2005, menos de um ano depois. Ficou até 2008 e, nesse ano, conquistou a Copa da Inglaterra Redknapp diz que demissão de Mourinho seria inacreditável (Foto: Arquivo LANCE!)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance