Cristiano marca dois, Real Madrid derrota o Valencia e afasta crise
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cristiano marca dois, Real Madrid derrota o Valencia e afasta crise

Cristiano Ronaldo comemora pelo Real contra o Valencia
AFP
LANCE! - 27/01/2018 - 15:13
Valência (ESP)
Zidane e a torcida do Real Madrid fizeram as pazes. Na tarde deste sábado, o Madrid foi ao estádio Mestalla enfrentar o Valencia e conquistou uma importante vitória, derrotando o adversário por 4 a 1, com gols de Cristiano Ronaldo, Marcelo e Kroos; Mina diminuiu para os donos da casa.

Com o resultado, o Real Madrid passa a somar 38 pontos, na quarta colocação, 16 pontos atrás do líder Barcelona. Já o Valencia segue na terceira posição, com 40 pontos somados e um jogo a mais que o Madrid. 

O JOGO
Precisando vencer para espantar a crise pós-eliminação, o Real Madrid começou o jogo pressionando a saída do Valencia, liderado por Cristiano Ronaldo, que mostrava sede de gols. Não demorou para os madrilenhos abrirem o placar: aos 14 minutos, CR7 foi derrubado na área e o juiz assinalou pênalti. O próprio gajo foi para a cobrança e converteu, marcando seu sétimo gol no Espanhol.

Vantagem de apenas um gol no Mestalla é sempre perigosa, e com o Real Madrid diminuindo de intensidade, o Valencia começou a mostrar perigo. Aos 33 minutos, Kondogbia perdeu uma chance incrível, após receber cruzamento na pequena área e, de frente para o gol vazio, chutou leve demais, facilitando a vida de Navas.

O gol perdido parecia um prenúncio do que estava por vir para o Valencia: aos 36 minutos, Benzema dividiu bola com Montoya e caiu na área. O juiz viu pênalti na jogada e, apesar dos protestos dos jogadores valencianos, não voltou atrás. Cristiano Ronaldo nada tinha com o erro de arbitragem e foi para a cobrança, fazendo o segundo dele no jogo e ampliando a vantagem do Real.

Aos 43 minutos, mais um gol perdido para o Valencia. Mina fez boa jogada individual pela direita e cruzou na medida para Rodrigo. Sozinho, debaixo da trave e sem goleiro, o jogador conseguiu isolar a bola, para desespero dos torcedores.

Na segunda etapa, o Valencia voltou para a partida decidido a diminuir o placar. Já aos 12 minutos, após cobrança de escanteio, Santi Mina fez boa infiltração na pequena área e conseguiu desviar de cabeça para o gol, matando Keylor Navas na jogada.

O gol transformou o Mestalla num grande caldeirão, e o time da casa ganhou mais ímpeto para buscar o empate. Nos 15 minutos seguintes, o Madrid sofreu um verdadeiro bombardeio dos jogadores valencianos, que tentaram de todas as formas empatar a partida. Apesar da mira dos jogadores não estarem calibradas, grande crédito ao goleiro Navas, que fez intervenções essenciais para manter o Real na frente do placar.

Zidane fez mudanças no grupo para retomar o controle do jogo. Lucas Vazquez e Marco Asensio entraram na partida e conseguiram fazer a diferença. Aos 38 minutos, Marcelo fez grande tabela com Asensio pela esquerda, invadiu a área e chutou forte para o gol. O brasileiro contou com falha do goleiro (também brasileiro) Neto para comemorar o terceiro do Madrid e acalmar os ânimos da partida.

O abatimento do Valencia foi melhor para os merengues, que assumiram o controle do jogo nos minutos finais. Assim, Toni Kroos teve espaço e calma para tabelar com Kovacic e chutar de chapa, da entrada da área, no cantinho do gol. Golaço que selou a vitória madridista e acalmou os nervos da torcida com Zidane. Por enquanto.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance