Com informação exclusiva, Real levou 'Messi japonês' preparado pelo Barça
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com informação exclusiva, Real levou 'Messi japonês' preparado pelo Barça

Takefusa Kubo (Tokyo)
O meia-atacante Takefusa Kubo completou 18 anos no último dia 1º e já acertou com o Real Madrid (Divulgação)
William Correia - 14/06/2019 - 18:51
São Paulo (SP)
"Estou muito contente por ter sido contratado pelo Real Madrid. Estou tranquilo. É um dia normal, mas estou muito contente." Esta curta declaração ao Marca, da Espanha, é de um meia-atacante de 18 anos que acaba de ser anunciado por um dos maiores clubes do mundo. E expõe como Takefusa Kubo, chamado de "Messi japonês" e preparado pelo Barcelona anos atrás, já estava realmente próximo de se juntar à equipe merengue.

O jogador está com a seleção japonesa no Brasil, fazendo parte da equipe olímpica que representará o país nesta Copa América. A delegação está especificamente em São Paulo, onde estreará contra o Chile, no Morumbi, no domingo, pelo Grupo C do torneio. E foi à distância que Kubo acompanhou a conclusão de uma negociação que teve como trunfo uma informação exclusiva.

E MAIS:
O Real Madrid superou Barcelona e Paris Saint-Germain porque, ao contrário dos concorrentes, sabia que o contrato do japonês com o Tokyo FC se encerrou no último dia 1. Os catalães e os franceses imaginavam que o vínculo se encerrava em 31 de janeiro de 2020, como apontava até o portal Transfermarkt, conhecido mundialmente.

Enquanto Barça e PSG armavam uma estratégia para ficar com Kubo sem precisar desembolsar nada ao Tokyo, o Real Madrid já conversava diretamente com os representantes do meia-atacante, ciente de que ele ficaria completamente livre no mercado. Ofereceu 1,2 milhões de euros (R$ 5,2 milhões), um contrato de cinco anos e o status de ser o galático da equipe B do clube, que passará a ser comandada pelo ídolo Raul, ex-atacante, e com a possibilidade de repetir Vinicius Junior, já sendo aproveitado no time principal.

O acerto foi um duro golpe para o Barcelona. A equipe catalã detectou o talento do jogador, chamado de Messi exatamente por suas arrancadas sempre com a bola bem próxima ao pé esquerdo, definindo as jogadas, passando ou finalizando, perto ou dentro da área. Aos dez anos de idade, Kubo estava no Barcelona. Aprendeu a falar catalão e espanhol, mas não seguiu no clube devido à sanção da Fifa por aquisição ilegal de menores de idade.

Kubo voltou ao Japão para jogar no Tokyo. O Barça continuou o acompanhando à distância, esperando que ele fizesse 18 anos, como ocorreu no último dia 4, para recontratá-lo. E o meia-atacante virou astro em seu país, participando de 13 jogos na primeira divisão, com quatro gols, além de ter estreado pela seleção no último domingo, em amistoso contra El Salvador. Até tinha em mãos uma proposta de renovação com o Tokyo, mas não aceitou.

- Desde pequeno, ele é chamado de Messi japonês. Pode jogar em qualquer posição do ataque e ser muito efeito, porque dominas as duas pernas. É um grande jogador, completamente diferente. Muito generoso no jogo e com uma grande visão, sem ser nada individualista. O Real Madrid acertou - falou Joan Miret, preparador de goleiros do Tokyo, à rádio Marca, da Espanha.


Facebook Lance Twitter Lance