Os problemas de Neymar na França: jornal espanhol destrincha situação
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

PSG

Os problemas de Neymar na França: jornal espanhol destrincha situação

Neymar (Paris Saint-Germain) - O astro do Paris Saint-Germain marcou o segundo gol (aço) no massacre por 5 a 0 sobre o Anderlecht, além de dar uma assistência em um dos três gols de Kurzawa. Mais uma vez, Neymar brilhou e liderou o PSG na Champions, conco
(Foto: CHRISTOPHE SIMON / AFP)
LANCE! - 10/11/2017 - 11:36
Paris (FRA)
Nem tudo são flores para Neymar desde que chegou ao PSG. Primeiro foi o desentendimento com Cavani sobre as bolas paradas, depois as especulações de desavenças com o técnico Unai Emery e, por último, as visitas aos ex-companheiros de Barcelona. Tudo isso em apenas três meses na França.

O jornal espanhol "Sport", alega outros motivos para turbulência vivida por Neymar. Vale destacar que o craque brasileiro vem sendo alvo dos jornais catalães desde a sua saída do Barcelona. 

Segundo o diário, uma fonte próxima do camisa 10 do PSG afirma que "Neymar se deu conta de que ele é maior do que a liga que disputa".

- Estádios pequenos com médias de público irrisórias, rivais de qualidade ínfima, jogos na sexta... 'Sabe que ganhará a liga com 30 pontos de vantagem, como ocorreu com o PSG faz duas temporadas, e isso o desmotiva. Ele se surpreendeu com a dureza com a que empregam os defensores rivais, muito mais ásperos, provocativos e intransigentes do que tinha experimentando em Brasil e Espanha. E Ney acabou explodindo, o que lhe custou a expulsão contra o Olympique de Marselha - afirma a reportagem.

Como o objetivo declarado do PSG é ganhar a Liga dos Campeões, o Campeonato Francês e suas respectivas ligas acabam ficando em segundo plano. "E se não a ganha, a temporada será um fracasso. O perigo de que o astro se disperse é muito grande".

Segundo a apuração do "Sport", duas coisas incomodam Neymar. A imprensa francesa, que parece dar mais atenção à vida pessoal e às vantagens do craque, além da relação do camisa 10 com os companheiros de equipe, que não está muito boa após o lance com Cavani sobre quem iria cobrar os pênaltis.

- O uruguaio não é o único rebelde. As vozes críticas internas se multiplicam e, por exemplo, praticamente não há diálogo com o setor argentino: Di María (muito rebelde com ele), Pastore (que teve que ceder o número 10) ou Lo Celso. O vestiário do PSG é um campo minado para Ney - finaliza a reportagem.

Neymar chegou ao PSG no início da temporada, sendo a maior transferência da história, custando 222 milhões de euros (R$ 820 milhões). 

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance