Petros é anunciado como reforço do Al-Nassr, da Arábia Saudita
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Petros é anunciado como reforço do Al-Nassr, da Arábia Saudita

Petros deixou o São Paulo no fim da tarde desta terça-feira
Petros deixou o São Paulo no fim da tarde desta terça-feira (Reprodução)
Yago Rudá - 26/06/2018 - 19:51
São Paulo (SP)
O volante Petros foi anunciado como reforço do Al-Nassr, da Arábia Saudita. Para tirar o meio-campista do São Paulo, o clube asiático desembolsou R$ 22,05 milhões aos cofres do clube do Morumbi. A assinatura do contrato de duas temporadas foi feita nesta terça-feira (26). 

Conforme publicou o L! no último fim de semana, o meio-campista já estava em negociações avançadas com os sauditas. O jogador esteve no CT da Barra Funda na reapresentação do elenco, mas a investida dos asiáticos foi considerada alta pelo São Paulo e o acordo foi fechado. 

O clube do Morumbi detinha a totalidade dos direitos do atleta e, por isso, ficará com as cifras milionárias. Na Arábia Saudita, Petros jogará ao lado dos brasileiros Bruno Uvini, ex-São Paulo e Santos, e Marcelo Cirino, com passagens por Atlético-PR e Flamengo. 

Contratado pelo São Paulo no ano passado, Petros foi peça-chave para a equipe na briga contra o rebaixamento inédito para a Série B do Brasileirão no ano passado. O jogador chegou ao clube no meio da temporada, se tornou capitão e conquistou a admiração dos torcedores pela sua conduta combativa dentro de campo.

Nesta temporada, porém, Petros  perdeu espaço na equipe de Diego Aguirre. A promoção do garoto Liziero, de apenas 20 anos, e a evolução de Hudson em seu retorno ao São Paulo fizeram com que o ex-capitão fosse para o banco de reservas nos últimos jogos antes da parada para a Copa do Mundo.

Vestindo a camisa do Tricolor, Petros entrou em campo em 52 oportunidades e anotou um gol, no clássico contra o Corinthians pelo Brasileirão do ano passado. Ao todo, foram 20 vitórias, 16 empates e 16 derrotas, totalizando um aproveitamento de 49,35% dos pontos disputados. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance