Pai de Özil critica postura de fãs: 'Se eu fosse ele, abandonava a seleção'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Pai de Özil critica postura de fãs: 'Se eu fosse ele, abandonava a seleção'

Ozil (Alemanha)
(Foto: AFP/KENZO TRIBOUILLARD)
LANCE! - 08/07/2018 - 18:32
Rio de Janeiro (RJ)
Campeão mundial em 2014, Mesut Özil não conseguiu repetir o mesmo destaque que teve em Mundiais anteriores na Copa do Mundo da Rússia, em que a Alemanha foi última colocada de sua chave na competição. Mustafa Özil, pai do atleta, disse, em entrevista ao "Bild", que abandonaria a Seleção Alemã se estivesse na pele de seu filho.

Antes da Copa do Mundo começar, Özil e Ilkay Gündogan, atleta do Manchester City, tiraram uma foto com Recep Tayyip Erdogan, presidente da Turquia, e foram altamente criticados pela Federação Alemã de Futebol (DFB) e por políticos locais. Em nota oficial, a federação afirmou que "o futebol e a DFB defendem valores que não são respeitados por Erdogan".

- Se eu fosse ele, abandonaria a seleção. Se estivesse em seu lugar, diria 'obrigado, mas isso foi tudo'. A ofensa é muito grave. Sempre que ganhamos, ganhamos todos, mas quando perdemos, a culpa é do Özil? Procuram um bode expiatório e entendo que ele esteja ofendido - completou.

Özil, que possui descendência turca, foi muito criticado pelo seu desempenho ruim na Copa do Mundo, sendo um dos principais alvos de crítica pelos torcedores, que estavam com esse episódio envolvendo Erdogan na cabeça. Mustafa condena essa ação dos fãs.

- Ele está muito desapontado e ofendido. Os fãs de sua própria nação o vaiaram em um amistoso contra a Áustria, antes da Copa do Mundo, e ele não consegue entender o motivo. Ele defende a seleção por nove anos e se tornou um campeão mundial - disse Mustafa.

Na última temporada, o alemão chegou até as semifinais da Uefa Europa League com o Arsenal, contribuindo com cinco gols e quatorze assistências em 35 partidas disputadas. Ele não conseguiu repetir, porém, esse mesmo desempenho defendendo a camisa da Seleção Alemã.

- Essa não foi a primeira foto de Mesut com Erdogan. É totalmente fora do mundo da política. É uma pessoa reservada, quase tímida, como ele poderia recusar a foto se um home como Erdogan pedisse a ele? Özil é um atleta que quer jogar futebol e não tem nada a ver com política, o que ajuda a explicar que ele não pensou em nada quando tirou a foto - completou seu pai.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance