Osvaldo revela motivo que o fez deixar o futebol no ano passado
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Osvaldo revela motivo que o fez deixar o futebol no ano passado

O polêmico atacante Pablo Osvaldo gosta de bandas como The Doors e Rolling Stones
Osvaldo atuou pela Inter de Milão (Foto: AFP/OLIVIER MORIN)
LANCE! - 16/11/2017 - 12:13
Buenos Aires (ARG)
O atacante Pablo Osvaldo revelou o motivo pelo qual abandonou a carreira, há pouco mais de um ano. O ex-jogador de Boca Juniors, Inter de Milão, Roma, Juventus e seleção italiana afirmou que prefere churrasco e cerveja,

- Eu comecei a odiar o que sempre amei. Futebol merece respeito. E eu prefiro churrasco e cerveja ao dinheiro - declarou.

Osvaldo tinha dupla cidadania. Nascido na Argentina, o jogador foi para a Itália aos 20 anos e teve o seu melhor momento atuando pela Roma, de 2011 a 2013. No período, fez 27 gols em 55 jogos.

Em 2016, atuou pelo Boca Juniors, mas brigou com o técnico Guillermo Barros Schelotto e foi pegado fumando no vestiário. Logo depois, decidiu se aposentar.

- Eu decidi sair do Boca, tinha muita fofoca lá. Eu não conseguia sair, tinha medo das pessoas. Eu não conseguia mais jogar. Tive ofertas da China e de clubes da Liga dos Campeões, mas estava desinteressado:

- Quer rir? Em dezembro de 2016, Sampaoli me contatou, ele estava no Sevilla. Ele me disse ‘Dani, não estou pedindo muito, você pode fazer o que quiser dentro e fora de campo, mas eu preciso de um atacante. Mas eu disse a ele: ‘Chefe, tem o festival de rock de Cosquin’. Ele disse ‘Vai lá, claro, você não pode perder’. Dois malucos!”.

Na Inter de Milão, também teve problemas com o treinador, na época Roberto Mancini, hoje no Zenit.

- Eu dei um soco nele depois do clássico contra a Juve. ‘Você quer brigar?’. E ele disse ‘Não fale isso na frente de todo mundo’. Depois eu fui à sala dele chorando, estava envergonhado. Ele é um ótimo técnico com grande caráter

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance