Neymar no Real? Processo da DIS pode travar sonho merengue
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Neymar no Real? Processo da DIS pode travar sonho merengue

Neymar - Monaco x PSG
Neymar tem vínculo com o PSG até junho de 2022 (Foto: Yann Coatsaliou / AFP)
LANCE! - 28/11/2017 - 14:24
Madri (ESP)
Uma hipotética saída de Neymar rumo ao Real Madrid pode se tornar impossível para o astro, hoje no Paris Saint-Germain. De acordo com o jornal "Sport", os problemas judiciais envolvendo a transferência do atacante do Santos para o Barcelona seguem fervilhando nas varas criminais da Espanha.

Explica-se: por conta de um processo aberto pela DIS, um fundo de investimentos, uma possível condenação não permitiria a Neymar retornar a estabelecer residência na Espanha, onde morou de 2013 a meados deste ano, quando pavimentou a sua trajetória internacional com a camisa do Barcelona. 

Assim, a situação está nas mãos do juiz Vázquez Honrubia, que irá em breve iniciar a fase de audição das testemunhas. Caso decida pela condenação do craque do PSG, muito dificilmente o jogador conseguirá morar em território espanhol novamente, o que, ratificando, inviabilizaria um eventual regresso à La Liga para atuar pelo Real, que sonha com o brasileiro. 

O diário catalão diz ainda que "apenas um acordo entre as partes, que agora é muito difícil de acontecer" impediria que Neymar, Josep Maria Bartomeu, outro envolvido no processo e atual presidente do Barcelona, e Sandro Rosell, ex-mandatária do Barça, rumassem a julgamento.

O CASO

A DIS pede um total de oito anos de prisão para Bartomeu e Rossel por dois delitos, um de corrupção e outro de estelionato, e cinco anos para Neymar, que é acusado de ter agido de forma corrupta. Já sua família é suspeita de omitir o valor verdadeiro da transação do craque para o Barça, que se deu em 2013.

Na ocasião, o Barcelona divulgou que o valor da venda foi de 17,1 milhões de euros (R$ 60,8 milhões). O fundo de investimentos detinha 40% dos direitos de Neymar, enquanto o Santos possuía 55%, e Teísa, 5%. Mas a audiência nacional concluiu que a transação superou os 83 milhões de euros. A DIS, que tinha 40% dos direitos, recebeu o valor em cima da quantia que o clube espanhol divulgou, não em relação ao montante real.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance