Maxwell, sobre Neymar: 'Ele continua sendo querido por todo mundo no PSG'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Maxwell, sobre Neymar: 'Ele continua sendo querido por todo mundo no PSG'

Neymar PSG
Neymar é um dos destaques do PSG (Foto: Lucas Barioulet / AFP)
Igor Galletti* - 22/10/2019 - 17:19
Rio de Janeiro (BRA)
Terceiro colocado na lista de maiores vencedores do futebol (35 títulos), o ex-lateral Maxwell, atualmente embaixador do PSG, analisou as ambições do clube parisiense e o momento de Neymar. Em entrevista ao LANCE!, o brasileiro ressaltou que nada mudou no ambiente do clube em relação ao atacante, apesar de uma conturbada janela de transferências.

- Ele continua sendo admirado por todos os atletas, continua sendo querido por todo mundo no clube, acho que nada mudou em relação a isso. O fato dele ter ficado, colocou ele em uma situação de dar o melhor para o clube, isso é muito positivo para ele, pois o clube com ele é mais forte. Ele pode lutar e conquistar o que almeja individualmente. Acredito muito no potencial da equipe com ele, fico feliz por ele ter ficado e torço para que tudo ocorra bem - pontuou durante o evento de lançamento do plano de sócio torcedor do PSG no Brasil.

AMBIÇÃO, NÃO OBSESSÃO

Um dos principais objetivos do PSG é conquistar o título da Liga dos Campeões. Nas últimas temporadas, eliminações precoces marcaram o ambiente do clube. Para Maxwell, o início na atual edição da competição é positivo e a equipe está preparada para almejar o título, mas fez uma ressalva: a conquista do torneio não pode se tornar uma ambição.

- O clube tem se desenvolvido, ganhamos bastante títulos na França. A Champions representa a ambição do projeto do PSG. É muito importante esse título, mas acho que não pode virar uma obsessão como tem sido durante esses anos. É um objetivo de todo grande clube. O objetivo mais importante do clube é estar sempre preparado para ganhar - disse, e completou:

- Hoje eu vejo uma equipe muito equilibrada, com experiência de anos anteriores. Nem sempre o melhor ganha, nem sempre quem está no melhor momento ganha, depende de várias situações. O ambiente é muito positivo, foi um bom começo. A cada ano o projeto fica mais sólido e experiente - finalizou.

*sob a supervisão de Aigor Ojêda.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance