Ex-Liverpool, Lucas Leiva fala sobre a final da Champions: 'Sem favorito'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ex-Liverpool, Lucas Leiva fala sobre a final da Champions: 'Sem favorito'

Lucas Leiva
Brasileiro vestiu a camisa dos Reds de 2007 até 2017 (Foto: Reprodução)
Cayo Pereira - 31/05/2019 - 09:00
Rio de Janeiro (RJ)
Hoje na Lazio, Lucas Leiva passou dez anos e 346 partidas vestindo a camisa do Liverpool. E é justamente sobre os Reds que o brasileiro falou com exclusividade ao LANCE!, para comentar sobre a decisão da Liga dos Campeões diante do Tottenham.

Neste final de semana, os ingleses farão a final da Champions League em Madri, no Wanda Metropolitano. De um lado, os Reds chegam com a moral elevada por ter revertido uma desvantagem de 3 a 0 contra o Barcelona. Do outro, os Spurs viraram a semifinal contra o Ajax com um hat-trick de Lucas Moura, em uma vitória épica por 3 a 2, de virada, em Amsterdã.

Com cinco títulos da Liga dos Campeões, o Liverpool aparece com um pouco de favoritismo para a decisão contra o Tottenham, que chega pela primeira vez em uma final da competição. No entanto, para Lucas Leiva, os Reds não são tão favoritos assim para conquistar a "orelhuda" pela sexta vez.

- Se considerarmos o histórico dos clubes na competição, talvez sim (Liverpool seja favorito). Mas após os que esses times fizeram nas semifinais, sinceramente não consigo apontar um favorito. Ainda tem a questão da rivalidade de serem do mesmo país, o que também iguala um pouco as coisas - disse.

Lucas Leiva
Lucas com a camisa do Liverpool (Foto: AFP)
Apesar de ter um certo favoritismo e estar na segunda final de Liga dos Campeões consecutiva, o Liverpool ficou quatro temporadas sem disputar a competição, e o brasileiro comentou sobre como foi esse período fora do torneio mais importante do continente e como o trabalho de Jürgen Klopp contribuiu para esse "retorno" triunfal dos Reds.

- A cobrança (para voltar à Champions) era muito grande pela tradição do Liverpool na competição. São cinco títulos conquistados. Assim como tem cobrança para ganhar o Campeonato Inglês, o que não acontece desde 1991. O trabalho de longo prazo que começou há alguns anos. O Liverpool montou uma base e não faz tantas contratações entre as temporadas nos últimos anos. Ajustes são feitos pontualmente e o Klopp tem feito um grande trabalho - destacou.

Lucas atuou por dez temporadas com a camisa do Liverpool, viveu altos e baixos, mas é reconhecido pelos torcedores como um dos grandes nomes que já vestiram a camisa dos Reds. E seu desempenho em campo também contribuiu para isso, sendo o maior ladrão de bolas da temporada em 2010/11, sendo capitão da equipe em algumas oportunidades, e retornando para a Seleção Brasileira.

- Foi uma passagem marcante, sem dúvida. Joguei em apenas três clubes na carreira e isso me aproxima muito deles. Todos sabem do meu carinho e gratidão por Grêmio e Liverpool. Felizmente estou também conseguindo criar esses laços agora aqui na Lazio - afirmou.

Atualmente, Alisson, Fabinho e Roberto Firmino são os únicos brasileiros no elenco do Liverpool e têm a chance de entrar para a história do clube com o título da Liga dos Campeões. De longe, Lucas fez questão de mandar um recado para os conterrâneos que ainda vestem a camisa dos Reds e palpitou um placar para a decisão deste sábado.

- Desejo uma excelente final para eles e para todo o time do Liverpool. A torcida adora jogadores brasileiros e certamente eles estão se sentindo em casa. Acredito que será um grande jogo. Difícil palpitar, mas pra ficar no nível de emoção das semifinais, vai ser 3 a 2 para o Liverpool - finalizou.


Facebook Lance Twitter Lance