Último ato de Lopetegui? Técnico pode cair se Real perder El Clasico
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Último ato de Lopetegui? Técnico pode cair se Real perder El Clasico

Julen Lopetegui - Real Madrid
Lopetegui está a perigo no Real Madrid (Foto: Javier Soriano / AFP)
LANCE! - 27/10/2018 - 09:00
Barcelona (ESP)
O Real Madrid terá um duro desafio pela décima rodada do Espanhol. No domingo, às 12h15 (de Brasília), a equipe visita o arquirrival Barcelona no Camp Nou, no primeiro duelo entre os dois gigantes sem Cristiano Ronaldo e Messi desde 2007. A partida, contudo, tem ares dramáticos para Julen Lopetegui.

O treinador está na corda bamba no Real Madrid e pode ser demitido em caso de derrota no clássico, que deixaria os Merengues a sete pontos do rival na tabela de classificação do Campeonato Espanhol. Vale lembrar que Lopetegui está no cargo a apenas quatro meses.

E MAIS:
- Infelizmente, creio que Lopetegui foi condenado pelo presidente Florentino Pérez, que não confia nele faz algumas semanas. Mas ainda acredito que se ele ganhar o clássico pode ter uma oportunidade de reconduzir a situação - declarou Ramón Calderón, ex-presidente do Real Madrid, em entrevista a "Love Sport Radio", durante a semana.

CONQUISTA DA CHAMPIONS

A paz reinava no Santiago Bernabéu após a conquista da 13ª Liga dos Campeões no fim de maio. Mas a calmaria tinha dias contados. Pouco tempo após garantir mais uma "Orelhuda", o técnico Zinedine Zidane surpreendeu a todos e pediu demissão. O Real Madrid correu atrás de um novo treinador e recebeu algumas negativas até fechar com Julen Lopetegui.

- Florentino procurou cinco grandes treinadores no verão passado e recebeu a negativa de todos, provavelmente porque interfere muito nas decisões do técnico. Isso sempre é um problema para o treinador - declarou Ramón Calderón.

Lopetegui renova com a Espanha até 2020
Lopetegui estava à frente da Espanha antes do Real (Foto: Divulgação)
A chegada do novo comandante foi cercada de polêmicas. Lopetegui estava concentrado com a Espanha para a disputa da Copa do Mundo. Ao aceitar a oferta merengue, foi demitido pela Real Federação Espanhola, dias antes da estreia da seleção no Mundial. Mas só teve os jogadores à disposição para treinos em julho, quando eles retornaram de férias.

O início da temporada foi traumática para Lopetegui. Em julho, viu o seu principal jogador ser negociado. No dia 10, a Juventus anunciou a contratação de Cristiano Ronaldo, que estava no clube madridista desde 2009 e era o ícone da equipe.

A saída de CR7 abriu uma lacuna no Real Madrid. Não apenas no setor ofensivo, uma vez que o português era o artilheiro desde 2009 e comandava a equipe em campo. Perdeu a referência, o craque.

Cristiano Ronaldo no Real Madrid
Cristiano Ronaldo deixou o Real e acertou com a Juventus (Foto: AFP)
Esperava-se, contudo, que o Real Madrid fosse ao mercado para contratar um substituto à altura para Cristiano Ronaldo - Vinicius Junior já havia sido incorporado ao elenco após passar o primeiro semestre no Flamengo. Mas não foi o que aconteceu. Lopetegui não teve reposição e quem assumiu a camisa 7 foi Mariano Díaz, recontratado após uma temporada no Lyon. Muito pouco para comandar o setor ofensivo. Na defesa, Odriozola chegou para ser reserva de Carvajal e Courtois veio para brigar com Navas pela posição no gol.

EM CAMPO, RESULTADOS RUINS

O primeiro jogo oficial de Lopetegui à frente do Real Madrid foi na decisão da Supercopa Europeia diante do Atlético de Madrid. A derrota por 4 a 2, na prorrogação, não chegou a abalar a confiança da diretoria no treinador.

No Espanhol, o time começou com tudo, emplacando três vitórias seguidas. O primeiro tropeço foi no San Mamés, no empate em 1 a 1 com o Athletic Bilbao. Na Liga dos Campeões, vitória por 3 a 0 sobre a Roma, no Santiago Bernabéu. Até então, a paz ainda pairava na capital espanhola.

Real Madrid x Levante - Mariano Diaz
Mariano lamenta derrota para o Levante (Foto: GABRIEL BOUYS / AFP)
Os problemas maiores começaram no fim de setembro, quando perdeu de 3 a 0 para o Sevilla, na Andaluzia. O resultado foi todo construído no primeiro tempo, e as críticas começaram a surgir para Lopetegui. Em seguida, empate em 0 a 0 com o rival Atlético, em casa.

Outubro pode ser chamado de "negro" para o torcedor madridista. Na Liga dos Campeões, fez partida horrorosa e perdeu para o CSKA, em Moscou, por 1 a 0. Outras derrotas no Espanhol se seguiram para Alavés e Levante, esta dentro do Santiago Bernabéu. A vitória sobre o Viktoria Plzen por 2 a 1, na última terça-feira, não diminuiu o incêndio no clube merengue, uma vez que o triunfo sobre os tchecos foi suado e rendeu diversas vaias da torcida.

Com Lopetegui na corda bamba, o Real Madrid já teria procurado um novo treinador, segundo a imprensa espanhola. Santiago Solari, ex-jogador da equipe e treinador do Castilla, está cotado. Assim como Antonio Conte, que deixou o Chelsea na última temporada. O terceiro nome seria de José Mourinho, que também não está bem no Manchester United.

Jose Mourinho
Mourinho voltará ao Real Madrid? (Foto: CREDITOLI SCARFF / AFP)
- Lopetegui não tem capacidade para treinar o Real e deve sair se perder em Barcelona. E tenho a certeza de que Mourinho voltará ao Real Madrid. Aposto que volta dentro de um ano a um ano e meio. Foi o único treinador que fascinou Florentino Pérez e, se sair do Manchester United, creio que regressa - comentou Calderón.

Atualmente, o Real Madrid ocupa a modesta sétima colocação no Campeonato Espanhol, a quatro do líder Barcelona. Se a competição acabasse hoje, a equipe estaria fora das competições europeias.

LOPETEGUI FRACASSOU NO BARCELONA

Julen Lopetegui tem um passado ligado também ao Barcelona. De 1994/95 a 1996/97, ele foi jogador do time catalão. Mas a passagem pelo Camp Nou foi um verdadeiro fracasso. Treinado por Johan Cruyff, participou de apenas dez jogos durante três temporadas.

Lopetegui chegou ao Barcelona logo após a Copa do Mundo de 1994 com a dura missão de substituir Andoni Zubizarreta, um dos ídolos do clube, que foi considerado o vilão da derrota para o Milan por 4 a 0, na decisão da Liga dos Campeões na temporada anterior. Mas a passagem pela Catalunha foi de mal a pior, e tudo deu errado para o agora treinador do Real Madrid.

Apresentação Lopetegui no Real Madrid
Lopetegui resistirá ao clássico? (Foto: Oscar Del Pozo / AFP)
Sua primeira partida oficial foi no jogo de volta da decisão da Supercopa da Espanha, na derrota por 5 a 4 para o Zaragoza. Lopetegui errou bastante e ainda acabou expulso. Por sorte, o Barcelona foi campeão após vencer a primeira por 2 a 0. Acabou perdendo a posição para Busquets, pai do atual volante da equipe catalã.

O ex-goleiro tinha a certeza que triunfaria no Barcelona e voltou a jogar contra o Atlético de Madrid, na derrota por 4 a 1, pela Copa do Rei. Logo aos 13 minutos, cometeu pênalti e foi expulso. No fim da eliminatória, os catalães foram eliminados. A temporada seguinte foi ainda pior, e Lopetegui começou como terceiro jogador da posição. As rusgas com Cruyff eram constantes.

Na terceira temporada, Lopetegui foi colocado como transferível e seu regresso ao Logroñés, clube no qual se destacou, esteve em pauta. Mas acabou não evoluindo. O ex-goleiro atuou em apenas uma partida, também pela chegada de Vitor Baía, que tornou-se titular. A única chance de atuar foi quando o português estava a serviço de sua seleção.

Facebook Lance Twitter Lance