Longe do título, Fabinho lamenta falta de investimento do Monaco
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Longe do título, Fabinho lamenta falta de investimento do Monaco

Fabinho (Monaco) - Líder no meio-campo do Monaco, o brasileiro, que atuou com o compatriota Jemerson, marcou de pênalti na goleada diante do Dijon, por 4 a 0, pelo Campeonato Francês.
Fabinho é um dos destaques do Monaco (Foto: VALERY HACHE / AFP)
LANCE! - 13/04/2018 - 11:11
Mônaco (FRA)
O volante Fabinho jogou a toalha em relação à conquista do Campeonato Francês pelo Monaco. Às vésperas do clássico contra o PSG, no Parque dos Príncipes, que pode decretar o título para o rival, o brasileiro lamentou a falta de investimentos no clube para tentar o bicampeonato.

Na última temporada, o Monaco acabou com a hegemonia do PSG e faturou o título francês. A grande campanha, no entanto, chamou a atenção de gigantes do futebol europeu. Como o Manchester City, que contratou o lateral Mendy e o meia-atacante Bernardo Silva. Outros titulares como o volante Bakayoko, que foi para o Chelsea, e o Mbappé, que acertou com o rival, também deixaram o clube.

O clube monegasco recebeu uma bolada na venda desses jogadores, mas não investiu tanto para repor as perdas, o que gerou as críticas de Fabinho.

- Sabemos que o PSG tem uma equipe montada para ganhar. Equipes, como por exemplo o Monaco, não quiseram repetir o investimento do PSG. Tinha tudo para lutar, mas a filosofia foi essa. Perdemos quatro, cinco jogadores titulares, muito importantes na conquista do título na temporada passada. Um deles, Mbappé, foi para o rival. Mas os jogadores que chegaram são novos. Demoraram um pouco para pegar a dinâmica da equipe. Agora que pegaram, estamos em segundo lugar. Não foi o suficiente, ele estão em vantagem e têm tudo para conquistar o título - disse o brasileiro, ao "SporTV".

Bernardo Silva - Manchester City x Feyenoord
Bernardo Silva foi para o Manchester City (Foto: Paul Ellis / AFP)
No próximo domingo, PSG e Monaco se enfrentam, às 16h (de Brasília), na capital francesa. Uma vitória em casa garante o título da Ligue 1 para os parisienses, que lideram com 14 pontos de vantagem para o rival. Fabinho confia na equipe do Principado e afirma que é necessário somar pontos para se manter na segunda colocação.

- A gente sabe que os números não nos ajudam muito e que a equipe deles é muito qualificada. Nosso objetivo é ficar em segundo lugar, e é muito importante para a gente pontuar, não importa se seja contra o PSG no Parque dos Príncipes. A gente vai confiante de que possa pontuar - disse.

PSG soma 84 pontos, contra 70 do Monaco. Lyon e Olympique, com 63, dividem a terceira colocação.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance