Kaká, em bate papo com João Félix, crava: 'Tem mais habilidade que eu'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Kaká, em bate papo com João Félix, crava: 'Tem mais habilidade que eu'

Kaká e João Félix
Foto: Divulgação/MLS
Futebol Latino - 14/05/2020 - 19:34
Madri (ESP)
Se há anos atrás a situação poderia significar uma conversa entre ídolo e fã, a atual realidade colocou o jovem português João Félix, do Atlético de Madrid, e o ex-jogador brasileiro Kaká em uma live na condição de atleta e ex-atleta.

Em conversa de tom descontraído, ambos falaram sobre futebol onde, no início, o teor da conversa chegou a soar como conselhos valiosos dados pelo melhor jogador do mundo em 2007 ao jovem que ainda não "deslanchou" no futebol espanhol da mesma maneira que no Benfica.

- O mais importante é entender como funcionam as coisas, como é o jogo, há muitas diferenças. Em alguns lugares, a tática é mais importante, em outros a técnica, tem que entender o clube, o que representa o Atlético na Espanha e no cenário mundial - pontuou Kaká.


- A rivalidade entre Real e Atlético é muito grande. Quando eu estive no Madrid, o Atlético estava há muito tempo sem conquistar títulos, o Atlético teve uma grande transformação com a chegada de Simeone, mas a rivalidade sempre foi muito grande. É muito bonito jogar clássicos - relembrou o brasileiro.

Como não poderia deixar de ser, João Félix se derreteu em elogios a um de seus ídolos confessos alegando uma situação curiosa que o fez refletir durante o bate-papo virtual.

- Tinha um poster seu no meu quarto e nunca esperei que pudesse estar falando com você. Você ganhou em um ano (2007) o que outros tentam durante toda a carreira - disse o português fazendo alusão ao prêmio de melhor do mundo acompanhado da Bola de Ouro da revista francesa France Football e as conquistas da Liga dos Campeões da Europa e do Mundial de Clubes.

Kaká chegou a mencionar que, assim como alguns comentaristas, também nota semelhanças físicas e de estilo de jogo em ambos guardadas as devidas proporções. Porém, ambos convergiram que não há muitos benefícios nesse tipo de comparação:

- Creio que temos uma semelhança física e também creio que você é muito ofensivo, eu era muito assim. Creio que você tem mais habilidade técnica que eu, eu era mais ofensivo, vertical. Mas não gosto das comparações - disse o brasileiro.

- Kaká só haverá um e Félix só haverá um - adicionou o lusitano de 20 anos de idade.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance