Em grande jogo, Icardi faz três, e Inter bate o Milan em dia de recorde
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em grande jogo, Icardi faz três, e Inter bate o Milan em dia de recorde

  •  Icardi - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  Icardi - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  Icardi - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  Suso e Musacchio - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  Bonaventura - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
  •  André Silva e Miranda - Inter de Milão x Milan
    Veja imagens do clássico de Milão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
LANCE! - 15/10/2017 - 18:43
Milão (ITA)
Em grande jogo no Estádio Giuseppe Meazza, a Inter de Milão bateu o Milan, por 3 a 2, com três gols do argentino Icardi. Suso e Bonaventura descontaram para o Rossonero, em partida que bateu o recorde de bilheteria no futebol italiano: 4,8 milhões de euros (R$ 18 milhões)

O resultado deixa a Inter de Milão com 22 pontos, na segunda colocação do Campeonato Italiano. A liderança é do Napoli, com 24. O Milan está mal na tabela, em décimo, com apenas 12.


O técnico Vincenzo Montella entrou com uma formação mais defensiva, com três zagueiros, três homens no meio e Suso no ataque. Na ala direita, o atacante Borini. Por outro lado, na Inter, a formação clássica, com Perisic e Candreva pelas pontas, e Icardi no comando do ataque.

A postura retraída do Milan ficou refletida em campo. A Inter foi para cima desde o apito inicial e foi bem superior nos primeiros 45 minutos. Com a bola nos pés, os Nerazzurri tiveram a primeira boa chance aos 12, quando Candreva finalizou bonito e acertou o travessão de Donnarumma.

Biglia e Borja Valero - Inter de Milão x Milan
Biglia marca Borja Valero (Foto: Miguel Medina / AFP)
A Inter se manteve no ataque, apostando nas investidas pelas pontas. Em uma delas, abriu o placar. Aos 27, Candreva avançou pela direita e cruzou na medida para o artilheiro Icardi, entre os zagueiros, tocar no canto do goleiro.

Apesar da desvantagem, o Milan não acordou, sentindo falta de criatividade. Suso jogava como atacante e faltava um homem para armar o jogo no meio de campo. Na única chance no primeiro tempo, Kessié arrancou pelo meio e tocou para Borini finalizar, para boa defesa de Handanovic. No rebote, o atacante cabeceou para fora.

No intervalo, o técnico Vincenzo Montella corrigiu o problema na criação, lançando o jovem Cutrone na vaga de Kessié, e o Milan cresceu na partida. Logo aos três minutos, André Silva mandou na trave e, no rebote, Musacchio marcou, mas o gol foi anulado por impedimento.

O Milan não deixava a Inter sair de seu campo. Suso finalizou forte, para boa defesa de Handanovic. A pressão surtiu efeito aos 11. O meia espanhol recebeu lançamento pela direita, cortou para o meio e, sem marcação, mandou no cantinho para empatar.

O Rossonero continuou no ataque, mas viu Vecino, após contra-ataque, perder um gol incrível. Apesar de estar melhor em campo, o Milan foi castigado. Icardi roubou a bola no meio de campo, avançou e rolou para Perisic na esquerda. O croata entrou na área e cruzou na medida para o argentino acertar um sem pulo, no canto de Donnarumma. Foi a quarta assistência do camisa 44 na temporada.

O jogo ficou equilibrado após a Inter ficar em vantagem. Mas quem se deu bem foi o Milan. Após cruzamento da direita, Bonaventura apareceu atrás da defesa e bateu. Por pouco o goleiro Handanovic não fez a defesa.

No fim do jogo, a Inter de Milão chegou ao gol da vitória. Após cobrança de escanteio, o árbitro pegou pênalti de Ricardo Rodríguez. Icardi foi para a cobrança e fez o seu terceiro na partida, o nono no Campeonato Italiano.


E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance