Goleada no Real Madrid, elogios a Firmino e torcida pelo Liverpool: Fábio Aurélio fala ao L!
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Goleada no Real Madrid, elogios a Firmino e torcida pelo Liverpool: Fábio Aurélio fala ao L!

  •  Fábio Aurélio - Liverpool
    Fábio Aurélio passou seis temporadas no Liverpool e jogou por apenas quatro clubes; veja fotos da carreira do craque Divulgação
  •  Fábio Aurélio São Paulo
    Fábio Aurélio foi revelado pelo São Paulo, onde jogou de 1997 até 2000  (Foto: Divulgação)
  •  Fabio Aurelio - Apresentação no Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
    Fábio Aurélio passou pouco tempo no Grêmio antes de se aposentar Fabio Aurelio - Apresentação no Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)
  •  Fábio Aurélio Valencia
    Defendeu o Valencia de 2000 até 2006 e participou da campanha dos títulos do espanhol e da Copa Uefa (Foto: Reprodução)
  •  fabio aurelio
    Fábio Aurélio atuou no Liverpool de 2006 até 2012, quando voltou para o Brasil para jogar no Grêmio  AFP
Marcello Neves* - 25/05/2018 - 07:50
Rio de Janeiro (RJ)
Os torcedores do Liverpool sempre irão lembrar do dia 11 de março de 2009. No Anfield, os Reds golearam o Real Madrid por 4 a 0, avançaram às quartas da Liga dos Campeões e impuseram um dos piores resultados madrilenhos na história do torneio. Entre os 28 que estiveram em campo naquela partida, o ex-lateral Fábio Aurélio é um dos que tem mais história para contar. O brasileiro conversou com o LANCE! lembrou da histórica partida, lembrou de momentos marcantes e comentou sobre a decisão do próximo sábado. 

- A semana que tivemos esse confronto contra o Real Madrid me marcou. O Rafa (Benítez) estava sendo questionado, o time não vivia um momento muito bom no campeonato, e nós tínhamos o jogo contra o Real Madrid e, entre esses jogos, nós tínhamos um jogo do Campeonato Inglês contra o Manchester United fora de casa, então foi uma semana de vida ou morte - lembra Fábio Aurélio, antes de completar: 

- Ali nós crescemos muito, tanto na Champions quanto na Premier League, tanto que terminamos na segunda colocação. Nós ganhamos do Real numa terça ou quarta-feira e no final de semana tínhamos o Manchester (United), e goleamos no Old Trafford por 4 a 1, e na volta em casa nós goleamos o Real Madrid por 4 a 0. Essa semana foi muito marcante e é o que eu guardo dessa minha passagem lá - revelou, ao L!

É claro, os tempos mudaram, mas os torcedores do Liverpool se apegam à lembrança para sonhar com um novo triunfo em Kiev - e consequentemente o sexto titulo europeu. Fábio, que atuou nos 180 minutos daquela eliminatória e não foi vazado, revela que é difícil não fazer ligação com 2009 e não esconde sua torcida para a final da Liga dos Campeões. 

- Para os torcedores, sim. Até nós, ex-jogadores que estiveram envolvidos naquele jogo de 1 a 0 no Santiago Bernabéu e 4 a 0 em casa, enfrentando o mesmo Real Madrid em Champions League, relembramos. A vontade, é claro, é que o Liverpool consiga um resultado muito parecido com aquele. Agora é um jogo só, campo neutro, decisão... as circunstâncias são totalmente diferentes, mas vem sempre na memória quem classificou naquela disputa - disse.

Fábio Aurélio deixou o Liverpool em 2012, quando acertou seu retorno ao futebol brasileiro para jogar no Grêmio. Após a saída do ex-lateral, apenas outros três brasileiros passaram por Anfield: Lucas Leiva, Phillipe Coutinho e Roberto Firmino. Este último é o único que estará em campo diante do Real Madrid e teve sua versatilidade elogiada pelo ex-lateral, que também não poupou palavras para falar de Mohammed Salah. 

- O crescimento do Firmino nessa temporada no Liverpool foi espetacular. É a melhor temporada da carreira. Ele participa muito do jogo, com assistências e na marcação, é um jogador muito inteligente, sabe fazer muito bem esse papel como falso 9, arma a jogada, ajuda no meio-campo, as vezes até na lateral ajudando a defender. Tem sido uma temporada fantástica do Firmino. É um complemento perfeito para o Salah. É um jogador mais técnico, que pensa mais, e o Salah com mais velocidade e habilidade. O ataque do Liverpool, no geral, se complementam e estão num momento muito especial - declarou. 


Fábio Aurélio Placar Liverpool
Liverpool foi às quartas da Liga  dos Campeões (Foto: Divulgação) 
Confira outras respostas da entrevista do LANCE! com Fábio Aurélio:

LANCE!: Como Real Madrid e Liverpool chegam para a decisão?
Fábio Aurélio: Os dois chegam na final por méritos, ambos tiveram dificuldades na semifinal. O Real Madrid, desde as quartas de final, a campanha não foi das melhores, tanto no Campeonato Espanhol quanto na Champions, apesar de estar na final novamente. Por muito pouco não deixou escapar a vaga. O Liverpool surpreendentemente massacrou o Manchester City na eliminatória, depois teve um primeiro jogo fantástico contra a Roma, mas no segundo jogo teve dificuldades que talvez se tivesse mais alguns minutos perdesse até a vaga pelas circunstâncias. 

O presidente do Liverpool declarou que o objetivo é ser campeão inglês. Agora pode ser campeão da Champions. O desejo subiu de patamar? 
Todos sabemos que o objetivo do Liverpool é a conquista da Premier League o quanto antes, porque já são muitos anos sem conquistar esse título. O Liverpool é um clube do futebol inglês muito premiado, acostumado a ganhar Premier League, até que veio a era do Alex Fergunson no Manchester (United) e acabou ultrapassando eles na quantidade de títulos. O Liverpool não conquistou nenhuma vez desde que mudou o formato da Premier League. Esse é um objetivo muito grande do clube. Não acredito que tenha sido um crescimento de objetivo essa oportunidade de conquistar a Champions League.

Optariam pelo Campeonato Inglês ao invés da Liga dos Campeões? 
Acredito que se eles pudessem escolher qual título queriam conquistar no início da temporada, garanto que seria a Premier League. É um troféu que eles almejam muito. O fato de estar disputando a Champions League acaba sendo uma premiação pela campanha que seria, mas o objetivo principal seria a conquista do Campeonato Inglês, sem tirar a importância de ganhar uma Champions League.


fabio aurelio
Fábio Aurélio marcando Cristiano Ronaldo (Foto: AFP)
Você foi um exímio marcador na carreira. Como se preparar para enfrentar um ataque que tem Cristiano Ronaldo?
A preparação para esse tipo de jogo é muito mais do que 100% de concentração. O Liverpool se caracteriza muito pelo ataque, que é rápido, perigoso e decisivo, mas o Real Madrid também tem um ataque com Cristiano Ronaldo que faz a diferença, que tem um recorde impressionante em jogos de Champions League. É muito difícil para os defensores, os dois lados estarão preocupados para esse confronto. Já sabem de antemão que vão sofrer, tem que estar 100% ligado, atento a todo e qualquer detalhe, porque um mínimo erro ou desatenção pode custar caro.

Qualquer detalhe faz a diferença, acredito...
Um campeonato dessa importância qualquer detalhe faz muita diferença. O que a gente como defensor, com a experiência que eu tive enfrentando times assim, é a entrega de todos, é um ajudando ao outro, porque como a qualidade individual é muito grande, as vezes o confronto individual é muito difícil, então é importante a ajuda do companheiro na marcação. O conjunto tem que estar bem unido, fortalecido e preparado para enfrentar situações assim, porque você sabe que está enfrentando um dos melhores times da atualidade.

Como avalia essa temporada do Liverpool?
Vejo como uma campanha muito positiva. Sofreram bastante no início da temporada com aspecto defensivo, o que influenciou bastante, podia ter terminado um pouco mais acima na tabela e, talvez, brigado pela segunda posição, porque dificilmente tiraria o título do Manchester City pela campanha que fez. Mas o Liverpool fez uma campanha muito boa, perdeu pontos bobos contra times pequenos, o que influenciou nessa classificação em 4º lugar. Por outro lado, o fato de ter chegado na final da Champions League é prova que o time fez uma campanha positiva, mesmo sem ser perfeita, está com chances de conquistar uma Champions. Dentro dos altos e baixos, podemos dizer que foi uma campanha muito boa. 


fabio aurelio
Fábio Aurélio conquistou dois títulos pelo Liverpool (Foto: AFP)
Salah está no melhor momento da carreira e chega confiante para a final... 
Um jogador com confiança muda totalmente a forma de jogar, ele cresce muito e fica muito tranquilo em situações que não seria encarada com tanta tranquilidade. Vive um momento muito especial, por ser principalmente sua primeira temporada no Liverpool, estar chegando nessa final nessa forma que ele está chegando é um perigo muito grande pro Real Madrid. É uma preocupação ter que pará-lo, porque você volta a foco para ele mas tem Firmino e Mané, e isso pode fazer muito estrago se não tiverem um cuidado.

Você tem contato com os brasileiros que estão ou passaram pelo Liverpool?
Com relação ao contato com os brasileiros, tive muito contato com o Lucas Leiva que chegou na minha segunda temporada, Diego Cavalieri e Doni também tiveram uma passagem curta por lá. Lucas e Doni são os dois jogadores que tenho mais contato por lá, mas é mais por rede social. O Coutinho veio depois, por um tempo alugou uma casa que eu tenho por lá, e tive um contato com ele numa visita que tive nas férias e pude cumprimentá-lo pessoalmente, mas já não temos contato.

*Sob supervisão de Thiago Salata

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance