Estados Unidos passa pela Nigéria e segue vivo no Mundial Sub-20
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Estados Unidos passa pela Nigéria e segue vivo no Mundial Sub-20

Estados Unidos x Nigéria
Foto: Getty Images
Futebol Latino - 27/05/2019 - 17:28
Bielsko-Biala (POL)
A equipe dos EUA conseguiram um resultado vital para a sua permanência no Mundial Sub-20. Isso porque, em confronto disputado na cidade polonesa de Bielsko-Biala, os atletas dirigidos por Tab Ramos, marcado na memória do torcedor brasileiro quando foi atingido pela cotovelada de Leonardo na Copa do Mundo de 1994, venceram por 2 a 0 em grande desempenho de seu centroavante, Sebastian Soto.

O resultado até mantém os nigerianos em segundo lugar pelo saldo de gols (dois gols positivos contra um dos norte-americanos), mas agora igualados em pontos com três unidades. Ucrânia, líder com seis, e Catar, sem ponto algum, completam a classificação.

O início de jogo foi marcado pelos norte-americanos em nível técnico e tático superior aos africanos principalmente quando o talentoso Konrad de la Fuente carregava a bola pelo lado direito do ataque, sendo justamente em uma jogada do atleta que pertence ao Barcelona a primeira boa chegada em tabela rápida que foi finalizada pra fora pelo centroavante Sebastian Soto.

Apesar da pouca posse de bola e dificuldade de sair do ritmo intenso do adversário, a Nigéria até apareceu bem à frente quando Maxwell Effiom bateu da lateral da grande área e exigiu defesa interessante de Brady Scott. Todavia, quem abriu a conta depois de ter carimbado o travessão do arqueiro Olawale Oremade.

Em cobrança de escanteio vindo do lado direito do ataque aos 18 minutos, Soto saiu da marcação e testou forte no canto esquerdo de Oremade, abrindo a conta para os EUA. A equipe chegou até a ampliar o marcador novamente com o camisa 9 estadunidense, mas a o árbitro assinalou corretamente posição de impedimento no início do lance com Timothy Weah.


E MAIS:
Já nos minutos finais da primeira etapa, os nigerianos saíram com tudo ao ataque e conseguiram "inverter" a característica de jogo onde estavam mais recuados e apenas esperando espaços na zaga do oponente na base das finalizações de média distância. Com chutes extremamente venenosos de Aniekeme Okon e também de Effiom, Brady foi obrigado a fazer uma linda defesa no canto direito e apenas "torceu" para a finalização do número 19 africano deixar sua marca no travessão.

Mal começou o segundo tempo e, na primeira subida, os norte-americanos aumentam sua dianteira quando o lateral-esquerdo Chris Gloster deu passe sensacional para que Soto, de frente para o goleiro nigeriano, mostrasse muita frieza ao bater de peito de pé e fazer o segundo dos EUA.

Quando o jogo parecia um tanto quanto "controlado", uma penalidade cometida por Mark McKenzie foi assinalada sem hesitação pelo árbitro francês Bastien Benoit. Todavia, após a revisão da sala do VAR, foi detectado um impedimento prévio ao pênalti e Benoit não teve dúvidas em modificar sua marcação.

Na parte final do jogo, a Nigéria voltou a tentar de maneira desorganizada diminuir a desvantagem, mas os Estados Unidos conseguiram resistir bem e consolidaram a primeira vitória no Mundial Sub-20.

Facebook Lance Twitter Lance