Com gol de Cuéllar, Colômbia bate o Paraguai e garante 100%
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo - Colômbia
1
-
0
paraguai escudo

Com gol de Cuéllar, Colômbia bate o Paraguai e garante 100%

  •  Colômbia x Paraguai - Comemoração
    Jogadores comemoram o gol da Colômbia (Foto: Raul ARBOLEDA / AFP)
  •  Colômbia x Paraguai - Cuellar
    Colômbia x Paraguai - Cuellar (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)
  •  Colômbia x Paraguai
    Colômbia x Paraguai (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)
  •  Colômbia x Paraguai
    Colômbia x Paraguai (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)
  •  Colômbia x Paraguai
    Colômbia x Paraguai (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)
LANCE! - 23/06/2019 - 18:04
Salvador (BA)
Já garantida na primeira colocação do Grupo B da Copa América, a Colômbia mandou a campo um time cheio de reservas para encarar o Paraguai, neste domingo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. E, ainda assim, venceu por 1 a 0, com gol de Cuéllar, e garantiu o 100% na fase de grupos da competição.

Nas quartas de final, a Colômbia vai encarar o segundo colocado do Grupo C, que será decidido na partida entre Chile x Uruguai, nesta segunda-feira. Já o Paraguai depende de um empate entre Equador e Japão para avançar de fase.

PARAGUAI POUCO AMEAÇA

Precisando da vitória para passar à segunda fase sem depender de outros resultados, o Paraguai começou a partida atacando. E quase marcou logo no primeiro minuto. Derlis González avançou pela direita e chegou na frente do goleiro adversário, mas finalizou fraco e em cima de Montero, que defendeu sem dificuldades.

Com o gol marcado pela Argentina sobre o Qatar na partida que acontecia ao mesmo tempo em Porto Alegre, a situação do Paraguai ficou complicada. Mas isso parece não ter chegado aos paraguaios. Ou, se chegou, não surtiu efeito. A equipe Albirroja até tinha mais posse de bola, mas pouco conseguia chegar perto do gol do adversário. Enquanto isso, com velocidade pelas lados, a Colômbia assustava os paraguaios.

GATITO FALHA E CUÉLLAR MARCA
Pouco depois de Falcao García quase marcar um golaço de bicicleta, a Colômbia abriu o placar. Aos 31 minutos, em uma jogada pelo lado direito de ataque, após saída de bola errada do Paraguai, Arias tocou para Cuéllar, que estava bem posicionado dentro da área. O volante do Flamengo finalizou rasteiro e a bola passou entre as pernas do goleiro do Botafogo, fazendo 1 a 0 para os colombianos.

GATITO EVITA O PIOR
Se o goleiro paraguaio falhou no lance do gol da Colômbia, Gatito se redimiu no começo da segunda etapa. Antes mesmo dos 20 minutos do período complementar, foram duas boas e difíceis defesas. A primeira num chute cruzado de Cardona e, depois, uma defesa espetacular numa cabeçada de Lerma.

VAR EM AÇÃO 
Já com os titulares James Rodríguez e Duván Zapata em campo, a Colômbia começou a levar mais perigo ainda ao gol paraguaio. E chegou a marcar um gol com Luis Díaz, após lindo passe de James, aos 23 minutos. Mas, após consulta ao VAR, que fez o jogo ficar parado quase cinco minutos, o árbitro Victor Carillo assinalou que Díaz usou o braço para dominar a bola e anulou o gol.

Melhor em campo, a Colômbia seguiu ameaçando nos contra-ataques. Já no final da partida, Díaz caiu na área e o árbitro marcou pênalti para os colombiano. Porém, de novo após consulta ao VAR, a penalidade foi anulada. Não fez falta para a Colômbia, que já estava com a vitória garantida.

FICHA TÉCNICA
COLÔMBIA 1 x 0 PARAGUAI

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data/hora: 23/06/2019, 16h (de Brasília)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Assistentes: Jonny Bossio e Victor Raez (PER)
VAR: Anderson Daronco (BRA)
Público/Renda: 11.313 pagantes/R$ 2.581.785,00
Gramado: Regular
Cartão amarelo: Borja e Lucumí (COL) e Arzamendia (PAR)
Cartão vermelho:

GOL: Cuéllar, 31’/1ºT (1-0)

COLÔMBIA: Montero, Arias, Cristián Zapata, Lucumí e Borja; Cuéllar, Lerma, Cuadrado (James Rodríguez, 12’/2ºT) e Cardona (Barrios, 39'/2ºT); Luis Díaz e Falcão (Duván Zapata, 19’/2ºT). Técnico: Carlos Queiroz.

PARAGUAI: Gatito Fernández, Iván Piris, Gustavo Gómez, Alonso e Arzamendia; Richard Sánchez, Rodrigo Rojas (Iturbe, 17’/2ºT), Derlis González (Óscar Romero, 36'/2ºT), Almirón e Matías Rojas (Cecilio Domínguez - Intervalo); Cardozo. Técnico: Eduardo Berizzo.


Facebook Lance Twitter Lance