City bate o Arsenal, e Guardiola leva seu primeiro título na Inglaterra
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

City bate o Arsenal, e Guardiola leva seu primeiro título na Inglaterra

  •  Kompany levanta o troféu da Copa da Liga Inglesa - Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: Adrian Dennis / AFP)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/GLYN KIRK)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/GLYN KIRK)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/ADRIAN DENNIS)
  •  Arsenal x Manchester City
    Veja imagens de Arsenal x City (Foto: AFP/GLYN KIRK)
LANCE! - 25/02/2018 - 15:25
Londres (ING)
Não foi dessa vez que Arsène Wenger conquistou a Copa da Liga Inglesa. Neste domingo, o Arsenal sucumbiu à força do adversário e perdeu para o Manchester City por 3 a 0, em Wembley. Foi o primeiro título de Pep Guardiola no comando dos Citizens, em sua segunda temporada à frente do clube. Agüero, Kompany e David Silva marcaram os gols da partida. A boa notícia foi a volta de Gabriel Jesus, que entrou no segundo tempo na vaga de Sané.

No comando dos Gunners desde 1996, Wenger chegou à terceira final da Copa da Liga Inglesa e o saldo é extremamente negativo: três vice-campeonatos, perdendo para Chelsea, Birmingham e, agora, Manchester City, que conquistou pela quinta vez o título do torneio.

Se o treinador francês não tem sorte na competição, o mesmo não pode se dizer de Guardiola. Segundo a imprensa inglesa, o espanhol já teria um acordo para renovação de contrato caso conquistasse um título. Com o caneco da Copa da Liga, não há mais empecilhos para ele ampliar seu vínculo até 2021 - o atual se encerra em junho de 2019.

O JOGO


Apesar do placar dilatado, a primeira chance - e a melhor - foi do Arsenal. Logo aos sete minutos, Özil cruzou e Aubameyang, livre, chutou em cima de Bravo, que operou um verdadeiro milagre.

O jogo seguia equilibrado, com as duas equipes tentando o ataque. Mas quem foi efetivo foi o Manchester City. Bravo bateu tiro de meta, Mustafi perdeu no corpo para Agüero, que avançou e tocou por cobertura. Um golaço do argentino, que anotou o seu quinto gol sobre os Gunners nos últimos cinco jogos. O zagueiro alemão pediu falta no lance, em vão. 

Kompany e Xhaka - Arsenal x Manchester City
Kompany foi bem na defesa do City (Foto: Adrian Dennis / AFP)
Sem dar show, o Manchester City conseguia dominar o Arsenal, impedindo ataques perigosos do rival. Por outro lado, também não ameaçava tanto o gol de Ospina.

Logo no início da etapa final, Fernandinho sofreu lesão muscular e deu lugar a Bernardo Silva. Sem o brasileiro, Gündogan foi recuado para sua função. O City não sentiu a falta do seu cão de guarda e logo ampliou o marcador. Em cobrança de escanteio, o alemão finalizou e, no caminho, Kompany desviou, matando o goleiro do Arsenal.

Wilshere e Gabriel Jesus - Arsenal x Manchester City
Gabriel Jesus voltou a atuar pelo City (Foto: Glyn Kirk / AFP)
Neste momento, o time londrino não se encontrava em campo. Já o City sobrava, parecendo ter 15 homens em campo. A superioridade foi premiada com o terceiro gol. Danilo fez boa jogada pela esquerda e rolou para David Silva bater cruzado. Com três gols de desvantagem, Arsène Wenger colocou o Arsenal para frente, colocando Welbeck e Iwobi. Já era tarde demais.

A mudança que mais chamou a atenção, contudo, foi do lado dos Citizens. Após lesionar o joelho no dia 31 de dezembro, Gabriel Jesus entrou aos 31 minutos, no lugar de Sané. O brasileiro correu, movimentou-se e pareceu estar bem para a sequência da temporada. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance