Austrália para na Jordânia e estreia na Copa da Ásia com derrota
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Austrália para na Jordânia e estreia na Copa da Ásia com derrota

Austrália x Jordânia - Copa da Ásia
Jogadores da Jordânia comemoram o resultado com os torcedores presentes no estádio (Foto: Divulgação/AFC)
LANCE! - 06/01/2019 - 11:36
Al Ain (EAU)
O segundo dia de competição na Copa da Ásia começou com uma zebra. Neste domingo, a Jordânia derrotou a Austrália por 1 a 0 na abertura do Grupo B, no Hazza Bin Zayed Stadium, nos Emirados Árabes Unidos. O autor do solitário gol da vitória jordana, muito comemorada por todos os jogadores e pela comissão técnica, foi Anas Bani Yassen.

Com o resultado, a Jordânia abre o Grupo B com três pontos, enquanto a Austrália ainda não somou nada. A partida complementar da chave será entre Palestina e Síria. Os jordanos voltam à campo na próxima quinta-feira para enfrentar a Síria, enquanto que os australianos, no dia seguinte, medirão forças com a seleção da Palestina.

Por conta da diferença técnica entre as duas seleções, a Austrália focou suas atenções em atacar desde o primeiro minuto de jogo. A Jordânia, por sua vez, adotou uma postura mais conservadora, se destacando pela quantidade de atletas defendendo a própria área, e resolveu apostar em contra-ataques.

E MAIS:

Os Cangurus controlavam a posse da bola, mas pouco criaram no campo de ataque, já que sempre esbarravam no 'ônibus' montado pela seleção da Jordânia, que, por vezes, defendia com uma linha de seis jogadores no primeiro terço do gramado. 

Por incrível que pareça, alguns dos ataques mais perigosos da partida foram justamente da Jordânia, que, com uma atuação defensiva praticamente sem defeitos, conseguia sair em contra-ataque, aproveitando os espaços deixados pela Austrália no seu próprio campo. Aos 27 minutos do primeiro tempo, os jordanos balançaram as redes, após o zagueiro Anas Bani Yassen aproveitar uma jogada ensaiada em cobrança de escanteio.

Na etapa complementar, a Austrália, desesperada em busca do gol de empate, se lançou no campo de ataque, mas, sem Daniel Arzani, do Celtic, e Aaron Mooy, do Huddersfield, seus principais jogadores, cortados por lesão, não conseguiram passar da Jordânia, que vibrou com o resultado após o apito final.

Facebook Lance Twitter Lance