Ação da Juventus na Bolsa cai 5% após acusação de estupro a CR7
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ação da Juventus na Bolsa cai 5% após acusação de estupro a CR7

Cristiano Ronaldo - Juventus x Napoli
Cristiano Ronaldo está confirmado como titular da Juventus (Foto: Marco Bertorello / AFP)
LANCE! - 05/10/2018 - 09:20
Turim (ITA)
A acusação de estupro que recai sobre Cristiano Ronaldo também afeta diretamente a Juventus. A ação do clube italiano caiu 5% nesta sexta-feira na Bolsa de Milão.

Às 11h20 na Itália (6h20 em Brasília), a ação da Velha Senhora, que estava em alta após a chegada do craque português, perdia 5,07%, a 1,254 euro (R$ 5,59), em um mercado de queda de 0,99%.

Na última segunda-feira, a polícia de Las Vegas reabriu a investigação de uma ação apresentada por Kathryn Mayorga, atualmente com 34 anos, que afirma que Cristiano Ronaldo a forçou a fazer sexo anal em junho de 2009.

E MAIS:
Cristiano Ronaldo negou veementemente as acusações. Pelas redes sociais, ele disse que não alimentaria um "espetáculo midiático montado". No entanto, os seus principais patrocinadores começaram a manifestar sua preocupação. Entre eles a Nike e a EA Sports (editor do jogo de videogame Fifa).

- Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjeto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo mediático montado por quem quer se promover à minha custa - declarou.


Cristiano Ronaldo foi elogiado pelo técnico Massimiliano Allegri, que o confirmou como titular na partida diante da Udinese, neste sábado, pelo Campeonato Italiano.

- Ele está bem. O conheci há três meses, mas posso dizer que em sua carreira sempre provou seu profissionalismo no campo e fora dele, e também é engajado socialmente. E amanhã (sábado) está pronto para retornar.

CR7 pediu ainda para não ser convocado para a seleção portuguesa para os jogos contra Polônia, pela Liga das Nações, e o amistoso diante da Escócia.


Facebook Lance Twitter Lance