Romário faz 52 anos. Relembre suas grandes conquistas no futebol
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



29/01/2018 | 07:05

Romário faz 52 anos. Relembre suas grandes conquistas no futebol

  •  Romário no Vasco - 1985
    Romário foi revelado pelo Vasco, em 1985. Em sua primeira passagem pelo clube, ganhou os Cariocas de 87 e 88, e foi artilheiro do torneio em 1986 e 1987 Divulgação
  •  Romario  - 1988 em Seul
    Em 1988, disputou os Jogos Olímpicos em Seul, sendo o artilheiro do torneio. Porém, ficou com a medalha de prata com a Seleção (Foto: Divulgação)
  •  Romário PSV
    Após se destacar nas Olimpíadas, Romário foi contratado pelo PSV, onde foi tricampeão holandês, em 89, 91 e 92, além de ganhar mais duas copas holandesas. Lá ele foi o melhor jogador da Europa em 1991  (Foto: Site Oficial/PSV)
  •  Romário - Copa de 1990
    Após vencer a Copa América de 1989 com a Seleção, Romário disputou sua primeira Copa, de 1990, voltando de contusão. No banco, entrou apenas em uma partida, contra a Escócia Reprodução
  •  Romario no Barcelona
    Após o enorme sucesso na Holanda, Romário foi comprado pelo Barcelona em 1993. Na Catalunha, ganhou o Espanhol e a Supercopa da Espanha em 1994, mesmo ano em que foi o artilheiro do Espanhol e melhor jogador do país (Foto: reprodução)
  •  Brasil 2x0 Uruguai - Eliminatórias da Copa de 1993 (gol de Romário)
    Após um período fora da Seleção, o povo pediu e Romário voltou para decidir. Ele marcou os dois gols da vitória sobre o Uruguai nas Eliminatórias e classificou o Brasil para a Copa de 1994, prometendo que traria o tetra (Foto: Reprodução)
  •  Bebeto e Romário - SELEÇÃO BRASILEIRA
    Na Copa de 94, Romário editou uma de suas maiores parcerias, com Bebeto. Juntos, infernizaram as defesas nos Estados Unidos (Foto: OLAVO RUFINO/AJB)
  •  Romário leva o Brasil ao ataque na final da Copa de 94 sendo marcado por Maldini
    Romário foi o grande destaque do Brasil na Copa e levou o time para a final, contra a Itália. Não marcou, mas fez o seu na decisão por pênaltis que deu o tetra ao país (Foto: Intercontinental Press)
  •  Principal destaque do tetra e melhor jogador da Copa-94, Romário beija a taça após a conquista
    Na Copa-94, foi eleito o melhor jogador do torneio e acabou como vice-artilheiro do Mundial (Foto: AFP/TIMOTHY A. CLARY)
  •  Romário recebe o prêmio de melhor do mundo em 94
    Ao final de 1994, Romário recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, superando Stoichkov e Roberto Baggio, vencedor do prêmio em 1993 Fifa/Divulgação
  •  Romário sendo apresentado no Flamengo ao lado de Branco, também tetra em 94
    Após ganhar o mundo em 94, Romário surpreende ao voltar para o Brasil e jogar no Flamengo em 1995, onde foi apresentado ao lado do também tetracampeão Branco (Foto: Divulgação)
  •  Romário - Flamengo
    Nesta sua primeira passagem pelo Fla, Romário ganhou o Carioca de 1996, sendo artilheiro do torneio com 26 gols (Foto: AP Photo/Sandra de Souza/Arquivo Lance!)
  •  Edmundo e Romário frequentaram, e ainda frequentam, diversos desfiles de Carnaval no Rio de Janeiro
    Edmundo e Romário fizeram parceria no ataque do Flamengo, e depois em outros clubes, mas faziam também boa dupla nas noites e nos carnavais cariocas (Foto: AFP / VANDERLEI ALMEIDA)
  •  Romário acertava sua transferência do Flamengo para o Valência
    Entre 96 e 97, o Baixinho teve uma passagem conturbada pelo Valencia, onde jogou apenas 17 vezes, mas marcou 14 gols Reprodução
  •  Em 1997 a dupla Ronaldo e Romário, ambos carequinhas, deu um show. Cada um fez três gols e o Brasil massacrou a Austrália por 6 a 0
    Na Seleção, Romário fazia uma nova parceira brilhante, com o jovem Fenômeno Ronaldo. Juntos, ganharam a Copa América e a Copa das Confederações em 1997 (Foto: GABRIEL BOUYS / AFP)
  •  Romário Flamengo
    De volta ao Flamengo e em grande fase, foi artilheiro do Carioca e do Rio-São Paulo de 1997 Reprodução
  •  Romário - Flamengo 1998
    Ainda pelo Fla, Romário ganhou o Carioca e a Mercosul em 1999. Ele foi ainda artilheiro do Carioca e Copa do Brasil em 98, e do Carioca, Copa do Brasil e Mercosul em 1999 (Foto: Ricardo Beliel/L!)
  •  Romário chora após ser cortado da Copa do Mundo de 1998
    Romário chora após ser cortado da Copa do Mundo de 1998. O Baixinho sofreu um estiramento, mas estaria de volta para a segunda fase do Mundial, mas a comissão técnica preferiu não levar o atacante e perdeu a final para a França ANTONIO SCORZA / AFP
  •  Romário - 2000
    Após nova polêmica que culminou com contrato rescindido pelo Flamengo, Romário acertou sua volta ao Vasco ainda no final de 1999. Em 2000, faturou o Campeonato Brasileiro, sendo ainda o artilheiro e Bola de Ouro do torneio (Foto: Paulo Whitaker)
  •  Romário celebra ao lado de Edmundo diante do Manchester United, no Mundial de Clubes de 2000
    Romário reeditou a dupla com Edmundo no Vasco, que tinha como principal objetivo o Mundial de Clubes de 2000. O time ficou com o vice, mas Romário foi o artilheiro, além de ser o maior goleador também no Carioca, Mercosul e Rio-São Paulo (Foto: Julio César Guimarães)
  •  Romário celebra o título da Mercosul conquistada pelo Vasco, em 2000
    Em 2000, o Baixinho liderou o Vasco na conquista da Mercosul. No mesmo ano, foi eleito o melhor jogador sul-americano (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)
  •  No dia 3 de setembro de 2000, Romário fez um jogo memorável no Maracanã e brilhou na goleada de 5 a 0 sobre a Bolívia pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. O Brasil não fazia boa campanha, mas o Baixinho desequilibrou com três gols
    Pela Seleção Brasileira, Romário continuava brilhando com muitos gols nas Eliminatórias da Copa e era nome certo para o Mundial do Japão e Coréia ANTONIO SCORZA / AFP
  •  Felipão x Romário camisa da Seleção Brasileira
    Romário, porém, teve um desentendimento com o técnico da Seleção Felipão e ficou de fora de mais uma Copa, a de 2002 Reproduçao
  •  Romário teve bons momentos pelo Fluminense, mas não conquistou títulos
    Em 2002, o atacante acertou sua ida ao Fluminense. Não conquistou títulos no clube, mas marcou muitos gols. Foram 48 em 77 jogos com a camisa do Flu (Foto: Ari Ferreira)
  •  Romário é apresentado no Al-Sadd, onde jogou por três meses em 2003
    Em 2003, Romário fez um contrato com o Al-Sadd de apenas três meses. Ele jogou somente três partidas, não marcou, e voltou para o Flu KARIM JAAFAR / AFP
  •  2005 - Romário (Vasco) - 22 gols
    Em 2005, Romário volta para sua terceira passagem pelo Vasco. Terminou como artilheiro do Brasileirão daquele ano, entrando para a história como jogador mais velho a ser o goleador do torneio nacional, com 39 anos (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)
  •  Pacaembu - Despedida do Romário pela seleção brasileira, em 2005
    Em 2005, Romário fez sua despedida da Seleção Brasileira, em jogo amistoso contra a Guatemala no Pacaembu, e marcou seu último dos 55 gols com a Amarelinha (Foto: Nelson Almeida/Lancepress!)
  •  Romário chora em sua despedida com a camisa da Seleção Brasileira, em 2005
    Romário não resiste e chora em sua despedida com a camisa da Seleção Brasileira (Foto: Ari Ferreira)
  •  Romário em ação pelo Miami FC. Foram 22 gols em 29 partidas no ano de 2006
    Em 2006, Romário vai para o norte-americano Miami FC. Foram 22 gols em 29 partidas pelo clube (Foto: Tony Lewis/Reuters)
  •  Romário também se aventurou no Adelaide United, da Áustrália, em 2006. Foram quatro jogos e apenas um gol
    Romário também se aventurou no Adelaide United, da Áustrália, em 2006. Foram quatro jogos e apenas um gol (Foto: Tom Miletic/Reuters)
  •  Romário -  Vasco - 2007
    Em 2007, o Baixinho acerta seu quarto retorno ao Vasco, agora em busca de seu milésimo gol na carreira (Foto: Gilvan de Souza/ Lancepress!)
  •  Vasco - 2007 - Gol mil do Romário
    O artilheiro atingiu enfim a marca dos mil gols no Brasileirão de 2007, em partida do Vasco contra o Sport. Assim como Pelé, Romário marcou o milésimo de pênalti (Foto: Julio Cesar Guimaraes/Lancepress!)
  •  Romário - Estátua em São Januário
    Após marcar o milésimo, Romário teve uma estátua sua erguida em São Januário, estádio do Vasco (Foto: Divulgação)
  •  Romário treinador e jogador - Vasco
    Ainda no final de 2007, Romário assumiu como treinador do Vasco, acumulando juntamente com a função de atacante do time. A aventura, porém, durou somente até fevereiro de 2008. Pouco depois, ele anunciou oficialmente sua aposentadoria do futebol Reprodução
  •  Romario - America
    Em 2009, Romário voltou aos gramados para realizar o sonho de seu falecido pai, em vestir a camisa do America-RJ. Foi apenas um jogo, o da conquista do clube da segunda divisão do Carioca (Foto:Cleber Mendes/Lance!press)
  •  Romario
    Depois do futebol, Romário trocou o uniforme pelo terno e gravata e foi para a política. Foi Deputado Federal do Rio de Janeiro de 2011 a 2015 e é hoje Senador do Rio, desde fevereiro de 2015 Divulgação
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance