Romário faz 52 anos. Relembre suas grandes conquistas no futebol
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



29/01/2018 | 07:05

Romário faz 52 anos. Relembre suas grandes conquistas no futebol

  •  Romário no Vasco - 1985
    Romário foi revelado pelo Vasco, em 1985. Em sua primeira passagem pelo clube, ganhou os Cariocas de 87 e 88, e foi artilheiro do torneio em 1986 e 1987 Divulgação
  •  Romario  - 1988 em Seul
    Em 1988, disputou os Jogos Olímpicos em Seul, sendo o artilheiro do torneio. Porém, ficou com a medalha de prata com a Seleção (Foto: Divulgação)
  •  Romário PSV
    Após se destacar nas Olimpíadas, Romário foi contratado pelo PSV, onde foi tricampeão holandês, em 89, 91 e 92, além de ganhar mais duas copas holandesas. Lá ele foi o melhor jogador da Europa em 1991  (Foto: Site Oficial/PSV)
  •  Romário - Copa de 1990
    Após vencer a Copa América de 1989 com a Seleção, Romário disputou sua primeira Copa, de 1990, voltando de contusão. No banco, entrou apenas em uma partida, contra a Escócia Reprodução
  •  Romario no Barcelona
    Após o enorme sucesso na Holanda, Romário foi comprado pelo Barcelona em 1993. Na Catalunha, ganhou o Espanhol e a Supercopa da Espanha em 1994, mesmo ano em que foi o artilheiro do Espanhol e melhor jogador do país (Foto: reprodução)
  •  Brasil 2x0 Uruguai - Eliminatórias da Copa de 1993 (gol de Romário)
    Após um período fora da Seleção, o povo pediu e Romário voltou para decidir. Ele marcou os dois gols da vitória sobre o Uruguai nas Eliminatórias e classificou o Brasil para a Copa de 1994, prometendo que traria o tetra (Foto: Reprodução)
  •  Bebeto e Romário - SELEÇÃO BRASILEIRA
    Na Copa de 94, Romário editou uma de suas maiores parcerias, com Bebeto. Juntos, infernizaram as defesas nos Estados Unidos (Foto: OLAVO RUFINO/AJB)
  •  Romário leva o Brasil ao ataque na final da Copa de 94 sendo marcado por Maldini
    Romário foi o grande destaque do Brasil na Copa e levou o time para a final, contra a Itália. Não marcou, mas fez o seu na decisão por pênaltis que deu o tetra ao país (Foto: Intercontinental Press)
  •  Principal destaque do tetra e melhor jogador da Copa-94, Romário beija a taça após a conquista
    Na Copa-94, foi eleito o melhor jogador do torneio e acabou como vice-artilheiro do Mundial (Foto: AFP/TIMOTHY A. CLARY)
  •  Romário recebe o prêmio de melhor do mundo em 94
    Ao final de 1994, Romário recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa, superando Stoichkov e Roberto Baggio, vencedor do prêmio em 1993 Fifa/Divulgação
  •  Romário sendo apresentado no Flamengo ao lado de Branco, também tetra em 94
    Após ganhar o mundo em 94, Romário surpreende ao voltar para o Brasil e jogar no Flamengo em 1995, onde foi apresentado ao lado do também tetracampeão Branco (Foto: Divulgação)
  •  Romário - Flamengo
    Nesta sua primeira passagem pelo Fla, Romário ganhou o Carioca de 1996, sendo artilheiro do torneio com 26 gols (Foto: AP Photo/Sandra de Souza/Arquivo Lance!)
  •  Edmundo e Romário frequentaram, e ainda frequentam, diversos desfiles de Carnaval no Rio de Janeiro
    Edmundo e Romário fizeram parceria no ataque do Flamengo, e depois em outros clubes, mas faziam também boa dupla nas noites e nos carnavais cariocas (Foto: AFP / VANDERLEI ALMEIDA)
  •  Romário acertava sua transferência do Flamengo para o Valência
    Entre 96 e 97, o Baixinho teve uma passagem conturbada pelo Valencia, onde jogou apenas 17 vezes, mas marcou 14 gols Reprodução
  •  Em 1997 a dupla Ronaldo e Romário, ambos carequinhas, deu um show. Cada um fez três gols e o Brasil massacrou a Austrália por 6 a 0
    Na Seleção, Romário fazia uma nova parceira brilhante, com o jovem Fenômeno Ronaldo. Juntos, ganharam a Copa América e a Copa das Confederações em 1997 (Foto: GABRIEL BOUYS / AFP)
  •  Romário Flamengo
    De volta ao Flamengo e em grande fase, foi artilheiro do Carioca e do Rio-São Paulo de 1997 Reprodução
  •  Romário - Flamengo 1998
    Ainda pelo Fla, Romário ganhou o Carioca e a Mercosul em 1999. Ele foi ainda artilheiro do Carioca e Copa do Brasil em 98, e do Carioca, Copa do Brasil e Mercosul em 1999 (Foto: Ricardo Beliel/L!)
  •  Romário chora após ser cortado da Copa do Mundo de 1998
    Romário chora após ser cortado da Copa do Mundo de 1998. O Baixinho sofreu um estiramento, mas estaria de volta para a segunda fase do Mundial, mas a comissão técnica preferiu não levar o atacante e perdeu a final para a França ANTONIO SCORZA / AFP
  •  Romário - 2000
    Após nova polêmica que culminou com contrato rescindido pelo Flamengo, Romário acertou sua volta ao Vasco ainda no final de 1999. Em 2000, faturou o Campeonato Brasileiro, sendo ainda o artilheiro e Bola de Ouro do torneio (Foto: Paulo Whitaker)
  •  Romário celebra ao lado de Edmundo diante do Manchester United, no Mundial de Clubes de 2000
    Romário reeditou a dupla com Edmundo no Vasco, que tinha como principal objetivo o Mundial de Clubes de 2000. O time ficou com o vice, mas Romário foi o artilheiro, além de ser o maior goleador também no Carioca, Mercosul e Rio-São Paulo (Foto: Julio César Guimarães)
  •  Romário celebra o título da Mercosul conquistada pelo Vasco, em 2000
    Em 2000, o Baixinho liderou o Vasco na conquista da Mercosul. No mesmo ano, foi eleito o melhor jogador sul-americano (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)
  •  No dia 3 de setembro de 2000, Romário fez um jogo memorável no Maracanã e brilhou na goleada de 5 a 0 sobre a Bolívia pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. O Brasil não fazia boa campanha, mas o Baixinho desequilibrou com três gols
    Pela Seleção Brasileira, Romário continuava brilhando com muitos gols nas Eliminatórias da Copa e era nome certo para o Mundial do Japão e Coréia ANTONIO SCORZA / AFP
  •  Felipão x Romário camisa da Seleção Brasileira
    Romário, porém, teve um desentendimento com o técnico da Seleção Felipão e ficou de fora de mais uma Copa, a de 2002 Reproduçao
  •  Romário teve bons momentos pelo Fluminense, mas não conquistou títulos
    Em 2002, o atacante acertou sua ida ao Fluminense. Não conquistou títulos no clube, mas marcou muitos gols. Foram 48 em 77 jogos com a camisa do Flu (Foto: Ari Ferreira)
  •  Romário é apresentado no Al-Sadd, onde jogou por três meses em 2003
    Em 2003, Romário fez um contrato com o Al-Sadd de apenas três meses. Ele jogou somente três partidas, não marcou, e voltou para o Flu KARIM JAAFAR / AFP
  •  2005 - Romário (Vasco) - 22 gols
    Em 2005, Romário volta para sua terceira passagem pelo Vasco. Terminou como artilheiro do Brasileirão daquele ano, entrando para a história como jogador mais velho a ser o goleador do torneio nacional, com 39 anos (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)
  •  Pacaembu - Despedida do Romário pela seleção brasileira, em 2005
    Em 2005, Romário fez sua despedida da Seleção Brasileira, em jogo amistoso contra a Guatemala no Pacaembu, e marcou seu último dos 55 gols com a Amarelinha (Foto: Nelson Almeida/Lancepress!)
  •  Romário chora em sua despedida com a camisa da Seleção Brasileira, em 2005
    Romário não resiste e chora em sua despedida com a camisa da Seleção Brasileira (Foto: Ari Ferreira)
  •  Romário em ação pelo Miami FC. Foram 22 gols em 29 partidas no ano de 2006
    Em 2006, Romário vai para o norte-americano Miami FC. Foram 22 gols em 29 partidas pelo clube (Foto: Tony Lewis/Reuters)
  •  Romário também se aventurou no Adelaide United, da Áustrália, em 2006. Foram quatro jogos e apenas um gol
    Romário também se aventurou no Adelaide United, da Áustrália, em 2006. Foram quatro jogos e apenas um gol (Foto: Tom Miletic/Reuters)
  •  Romário -  Vasco - 2007
    Em 2007, o Baixinho acerta seu quarto retorno ao Vasco, agora em busca de seu milésimo gol na carreira (Foto: Gilvan de Souza/ Lancepress!)
  •  Vasco - 2007 - Gol mil do Romário
    O artilheiro atingiu enfim a marca dos mil gols no Brasileirão de 2007, em partida do Vasco contra o Sport. Assim como Pelé, Romário marcou o milésimo de pênalti (Foto: Julio Cesar Guimaraes/Lancepress!)
  •  Romário - Estátua em São Januário
    Após marcar o milésimo, Romário teve uma estátua sua erguida em São Januário, estádio do Vasco (Foto: Divulgação)
  •  Romário treinador e jogador - Vasco
    Ainda no final de 2007, Romário assumiu como treinador do Vasco, acumulando juntamente com a função de atacante do time. A aventura, porém, durou somente até fevereiro de 2008. Pouco depois, ele anunciou oficialmente sua aposentadoria do futebol Reprodução
  •  Romario - America
    Em 2009, Romário voltou aos gramados para realizar o sonho de seu falecido pai, em vestir a camisa do America-RJ. Foi apenas um jogo, o da conquista do clube da segunda divisão do Carioca (Foto:Cleber Mendes/Lance!press)
  •  Romario
    Depois do futebol, Romário trocou o uniforme pelo terno e gravata e foi para a política. Foi Deputado Federal do Rio de Janeiro de 2011 a 2015 e é hoje Senador do Rio, desde fevereiro de 2015 Divulgação
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance