Projeto de lei sobre 'denunciação caluniosa' é batizado por internautas como 'Neymar da Penha'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Projeto de lei sobre 'denunciação caluniosa' é batizado por internautas como 'Neymar da Penha'

Deputado Federal Carlos Jordy
O deputado Carlos Jordy (PSL) (Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)
LANCE! - 07/06/2019 - 16:25
Rio de Janeiro (RJ)
O deputado federal Carlos Jordy (PSL/RJ) protocolou na quinta-feira (6) um projeto de lei (PL 6639/19) que agrava a pena em casos de 'denunciação caluniosa', em crimes contra a dignidade sexual. Se aprovado, pessoas que fizerem acusações inverídicas sobre crime de estupro, por exemplo, poderão ter a pena aumentada em até um terço.

Ao 'Broadcast Político', Jordy afirmou que já planejava tratar do assunto futuramente, mas com o fato envolvendo Neymar em evidência o parlamentar deu prioridade ao caso.

- "Sem dúvida alguma, o momento atual foi determinante para que apresentássemos o PL, afirmou.

No Twitter, seguidores do parlamentar fizeram uma comparação irônica 'batizando' a PL como 'Lei Neymar da Penha', fazendo um trocadilho com a Lei Maria da Penha, que pune e combate a violência doméstica e familiar contra a mulher. A brincadeira foi criticada por algumas pessoas que acusaram o parlamentar de ser o autor do nome. Carlos Jordy se defendeu.

-  A esquerda está atacando o PL 6639/19 alegando q é um absurdo brincar c/ algo sério dando um nome como “lei Neymar da Penha”. Entendam, não dei o nome,foram os internautas. Não estão contra o PL pelo nome, mas por mostrar a cultura de destruição de reputações criada pelo feminismo.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance