‘Narra quem sabe’: L! mostra perfil da candidata Luciana Zogaib
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

‘Narra quem sabe’: L! mostra perfil da candidata Luciana Zogaib

  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' (Foto: Thaynara Lima)
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' (Foto: Thaynara Lima)
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
  •  Luciana Zogaib
    Luciana Zogaib é uma das candidatas do 'Narra quem sabe' Foto: Thaynara Lima
Marcello Neves e Thaynara Lima - 19/04/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Em março deste ano, a jornalista Vanessa Riche conversou com o LANCE! e declarou que 'era preciso uma mulher narradora'. A fala faz referência ao projeto ‘Narra quem sabe’, do Fox Sports, que vai escolher três mulheres para ser a cara do canal na Copa do Mundo. Com isso, o L! conversou com as selecionadas Natália Lara, Gaby de Saboya, Manuela Avena, Isabelly Morais e Renata Silveira - e a entrevistada desta quinta-feira, Luciana Zogaib.

Figura constante no Maracanã, Luciana Zogaib se formou em comunicação, mas seguiu no ramo farmacêutico com o pai. A profissão diferente da que se formou, não fez com que ela se afastasse do jornalismo. Luciana fez pós-graduação em jornalismo esportivo e montou um site com outras meninas para falar de futebol. Carioca, a candidata de 41 anos fez ginástica artística e sempre foi ao maracanã ao lado da família. Narração não era um sonho, mas seu talento foi notado pelo diretor de uma rádio:

— Eu fiz uma participação em uma rádio e o diretor da rádio me telefonou e disse. Meu sonho é ter uma mulher narrando jogo aqui na rádio. Eu não acreditei, disse que estava louco, pois nunca tinha pensado em narrar jogo — contou.


Luciana Zogaib
Luciana frequenta o Maracanã desde os 5 anos de idade e no último ano chegou a cobrir 50 jogos de futebol (Foto: Thaynara Lima)
Das seis selecionadas, apenas três vão ser escolhidas para narrar os jogos do Brasil na Copa do Mundo. Elas vão receber treinamento na sede do Fox Sports, no Rio de Janeiro, e os nomes serão divulgados no dia 15 de maio. Luciana conta que recebeu a notícia com muita alegria e que depois disso, teve a oportunidade de narrar em um web rádio:

— Quando surgiu o concurso eu já tinha feito algumas aulas para ser futuramente narradora, eu resolvi me inscrever e a coisa começou a fluir. Agora eu já narrei jogo, a final do carioca. — contou — Fiquei muito emocionada por estar entre as seis finalistas, primeiro porque é a realização de um sonho e poder ter a oportunidade de estar em veículo grande. E principalmente a possibilidade de mudar totalmente daquilo que eu faço e daquilo que eu gosto de fazer nessa altura da vida. Estou até agora em estado de ecstasy.

— Eu brinco que meus amigos trollaram a página da Fox, pois existem mais de 80 comentários deles no vídeo de divulgação. Todos me acompanham, sabem dessa minha vontade. Apesar de eu trabalhar com medicamentos, eu mantive esse trabalho como hobbie, paralelo, então, venho cobrindo jogos e tal. Então a galera vê que eu consigo atingir e estava todo mundo torcendo.

Bate-bola com Luciana Zogaib:

Qual jogo você escolheu enviar para o processo de seleção?
Eu escolhi o Fla x Flu da Copa Sul Americana de 2017. Foi um jogo que trabalhei nele e foi um jogão, emocionante então escolhi ele para fazer a gravação. Eu queria reviver a emoção daquele momento. Depois, eu fui até a cabine, onde era a final da libertadores e eu fiquei lá durante duas horas esperando a Vanessa Riche chegar, queria que ela me visse. Queria conversar com ela.

Quais seus pontos fortes e fracos na narração?
A prática de narração com certeza eu preciso melhor. É um prática que eu não tenho e como eu faço rádio, tenho que adequar isso para a televisão, pois é um ritmo diferente. E o positivo com certeza é a vivência de futebol, pois frequento estádio de futebol desde meus 5 anos de idade. Essa coisa do sentir o futebol, de viver o futebol eu tenho muito. Como repórter, do ano passado até hoje fiz mais de 50 jogos e é algo positivo. Como é um período muito curto, que é a Copa, o grande desafio é conseguir chegar num bom nível em um período curto. Então, ter uma bagagem é legal.

Como você vê a importância de uma mulher narradora na Copa?

Vai ser incrível. Não quero estar só entre as 3 para narrar Copa do Mundo, quero que façamos algo que seja marcante mesmo. Depois as pessoas vão pensar “Como até hoje não teve uma mulher narradora?” A partir de agora, vai ter mulher narrando porque narra bem.

Quem é Luciana Zogaib?
Eu sou uma pessoa muito determinada, uma pessoa que não desiste. Eu escutei uma coisa esses dias e diz “nossos sonhos são rascunhos e os originais estão nas mãos de Deus”.

Palpites para a Copa do Mundo:
Final da Copa do Mundo: Brasil e Alemanha ou Brasil e Argentina
Campeão: Brasil
Craque: Neymar
Artilheiro: Neymar
Decepção: Alemanha


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance