Márcio Araújo brinca com camisa 'arrancada' por Guerrero: 'Não queria dar, mas ele pegou'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Márcio Araújo brinca com camisa 'arrancada' por Guerrero: 'Não queria dar, mas ele pegou'

Márcio Araújo e Guerrero camisa
Paolo Guerrero e Márcio Araújo são amigos e protagonizaram cena curiosa , no domingo (Divulgação/ SporTV)
LANCE! - 23/09/2019 - 11:18
Rio Grande do Sul (RS)
Uma cena inusitada ao fim da partida entre Internacional e Chapecoense, na manhã deste domingo, chamou a atenção de muitos torcedores. O atacante Paolo Guerrero e o volante Márcio Araújo, ex-companheiros de Flamengo, resolveram fazer a tradicional troca de camisetas após o apito final. Contudo, enquanto o peruano do Internacional entregou a sua camiseta para o colega, Márcio Araújo parece ter negado a troca. Depois da cena, os amigos brincaram com a situação.


A cena hilária rendeu nas redes sociais. Pouco depois, Márcio e Guerrero se explicaram sobre a troca de camisas "forçada". O meio-campista da Chapecoense afirmou que não queria dar sua camiseta ao colega de profissão, mas não explicou o motivo. Veja abaixo o comentário dos atletas sobre a brincadeira. A explicação da "má fama" foi dada ao SporTV.

A conquista da camisa da Chape "arrancada" por Paolo Guerrero, no entanto, não é a primeira vez que o volante nega dar seu uniforme para outro colega. Ainda atuando pelo Palmeiras, Márcio Araújo não tirou a camisa dentro de campo para Éder Luís, que lhe entregou o uniforme do Vasco, em 2012.

O duelo no Beira-Rio terminou com uma vitória Colorada. Com gol de Rodrigo Lindoso, o Internacional chegou aos 36 pontos, no Brasileirão, terminando a rodada na quarta colocação. Já a Chapecoense, com a derrota, segue no Z4, com 14 pontos.

Facebook Lance Twitter Lance