Futebol e literatura: L! relembra biografias de grandes jogadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Futebol e literatura: L! relembra biografias de grandes jogadores

Livros jodadores
Divulgação
LANCE! - 12/06/2019 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
À primeira vista, literatura e futebol podem parecer assuntos distantes. Mas, em muitos casos, se misturam. E muito bem. E um dos exemplos disso são os diversos casos de jogadores de futebol que têm suas vidas registradas na páginas de livros. Recentemente, quem teve sua trajetória contada em palavras foi o ex-atacante Edmundo, com o livro "Edmundo - Instinto Animal", do jornalista Sérgio Xavier.

Mas, antes desta, muitas outras biografias de jogadores já foram lançadas. O LANCE! aproveita para lembrar - e recomendar! - alguns desses livros. Boa leitura!

GARRINCHA

Garrincha - 1962
(Foto: Reprodução)
Talvez uma das grandes obras literárias sobre o futebol do Brasil, "Estrela Solitária", de Ruy Castro, conta em detalhes a vida de Garrincha, da ascensão ao sucesso e o fim de carreira - e vida - melancólica. O livro recebeu o Prêmio Jabuti em 1996 na categoria Livro do Ano de Não-Ficção. Para descrever essa trajetória, Ruy Castro fez mais de 500 entrevistas com 170 pessoas.

HELENO

Heleno de Freitas - Botafogo
(Foto: Reprodução)
"Nunca houve um homem como Heleno", de Marcos Eduardo Neves, conta a história do grade ídolo do Botafogo pré-Garrincha. O livro conta a história possível primeiro "craque-problema" do futebol brasileiro. A biografia serviu como inspiração para o filme "Heleno", com Rodrigo Santoro.

MARCOS

Marcos - Sport x Palmeiras - Libertadores 2009
(Foto: Arquivo Lance!)
"Nunca fui santo" conta a história de Marcos, ídolo do Palmeiras e da Seleção Brasileira. O livro, escrito pelo jornalista Mauro Beting e pelo próprio Marcos, conta a trajetória do goleiro, seu estilo de vida e detalhes da sua carreira - como quando recusou uma oferta milionária de um clube inglês.

CASAGRANDE

Corinthians - Casagrande
(Foto: SIDNEY CORRALLO/AE/Arquivo Lance!)
Talvez uma das biografias mais "pesadas" de um ex-jogador de futebol brasileiro, "Casagrande e seus demônios", do próprio Walter Casagrande e Gilvan Ribeiro, traz toda a trajetória do ídolo corintiano. Desde o começo da carreira até a vida como comentarista. Sem deixar de falar, é claro, sobre o seu problema com dependência química, que o fez ter "visões" dentro do seu apartamento.

ALEX

Alex - Coritiba
(Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press
Lançado em 2015, "Alex, a Biografia", de Marcos Eduardo Neves, conta a história do ídolo do Coritiba, Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahce. Para a produção do livro, o escritor foi até a Turquia para observar de perto a importância do meia para os torcedores do Fenerbahce.

VAMPETA

Vampeta
Divulgação
"Vampeta - Memórias do Velho Vamp" não é exatamente uma biografia, mas as famosas histórias do jogador campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002 dizem muito sobre a trajetória do jogador. Contadas em depoimento ao jornalista Celso Unzelte, os causos narrados por Vampeta mostram muito dos bastidores do mundo do futebol, sempre de forma engraçada.

LEÔNIDAS DA SILVA

Leônidas da Silva - São Paulo
(Foto: Arquivo LANCE!)
Inventor da bicicleta e ídolo do futebol brasileiro nos anos 30 e 40, Leônidas da Silva teve sua história contada no livro "Diamante Negro", escrito por André Ribeiro. A biografia conta sobre o começo da carreira nos clubes pequenos do Rio de Janeiro, até chegar aos grande do estado, como Botafogo, Vasco e Flamengo, e, depois no São Paulo. O livro também conta como seu apelido virou nome de chocolate - o mesmo nove do livro.

RENATO GAÚCHO

Renato Gaúcho - Grêmio
(Foto: Reprodução)
Uma carreira marcada por títulos e polêmicas. Esta é a história contada no livro "Anjo ou Demônio - A Polêmica Trajetória de Renato Gaúcho", de Marcos Eduardo Neves. Um dos grandes personagens do futebol brasileiro nos anos 80 e 90 teve sua história contada nesta biografia: o começo da vida no interior do Rio Grande do Sul, a conquista da América e do Mundo pelo Grêmio, o fracasso na Itália, títulos por Flamengo e Fluminense, corte da Seleção... O livro conta até o início da sua carreira como técnico.

AFONSINHO

Afonsinho - jogador do Botafogo nos anos 60 e 70
Reprodução
Um dos grandes personagens do futebol brasileiro, Afonsinho é reverenciado até hoje pela sua rebeldia. Nos anos 1970, enfrentou dirigentes e foi o percursor da Lei do Passe Livre. O ex-craque do Botafogo chegou a ser perseguido pela Ditadura Militar por suas posições políticas e até mesmo pela sua estética - cabeludo e barbudo. Essas são algumas histórias presentes no livro "Afonsinho & Edmundo - a Rebeldia no Futebol Brasileiro", de José Paulo Florenzano.

Facebook Lance Twitter Lance