Força Feminina Colorada: Torcida do Inter que vai além dos estádios
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Força Feminina Colorada: Torcida do Inter que vai além dos estádios

  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
  •  Força Feminina Colorada
    Força Feminina Colorada Reprodução/ Facebook
Fora de Campo - 08/03/2017 - 15:08
Rio de Janeiro (RJ)
A primeira torcida organizada exclusivamente feminina do Sul do Brasil é do Inter. As meninas da Força Feminina Colorada, estão juntas desde 2009 e surgiram de uma comunidade do Orkut. A idéia de criar um torcida organizada exclusivamente feminina partiu do princípio que a maioria das meninas não tinham companhia para ir aos jogos, com isso, muitas não iam. Esse problema é enfrentado por muitas mulheres em todo o país e outras torcidas e movimentos foram criados partindo do mesmo princípio.

Questionadas sobre as dificuldade de se criar uma torcida exclusivamente feminina em um ambiente extremamente masculino e por vezes machista, elas contam que não foi fácil:

― No início, não foi fácil. Demorou algum tempo até sermos reconhecidas pelo clube, mas depois disso sempre tivemos apoio, tanto do Inter quanto das outras torcidas ― Conta, Malu Barbará, presidente da torcida

Além das dificuldades de aceitação, o machismo também foi muito presente no processo de criação da torcida:

― Enfrentamos machismo, porém, por parte de muitos torcedores comuns, que diziam que nós, mulheres, começamos a frequentar o estádio há pouco tempo e que ali não era lugar de mulher. Isso foi no início, hoje somos conhecidas e todos nós apoiam.

Após serem reconhecidas e aceitas nas arquibancadas do Colorado, as meninas contam sobre torcedores que preferem assistir aos jogos com elas:

― Hoje percebemos que muita gente gosta de ficar perto de nós no estádio, gostam das nossas músicas e da nossa festa, além de terem certeza de que no nosso espaço não há brigas.

Além de torcer, as meninas da FFC realizam algumas ações fora das arquibancadas:

― Temos ações sociais, principalmente em datas como Natal e Páscoa. Neste ano, faremos um dia de oficinas, palestras e doações em uma associação de mulheres vítimas de violência.

Não só com as mulheres se preocupam as coloradas, as crianças também são alvos das ações sociais:

― Também temos um projeto social, Tocando para o Futuro, no qual ensaios crianças de escolas públicas a tocarem um instrumento. Esse projeto já está no seu segundo ano, e alguns jovens estão aprendendo a tocar instrumentos de sopro visando, talvez, à profissionalização, pois sabemos que a música, além de dar prazer, também pode ser um meio de subsistência.

Certas do seu direito de torcer, a Força Feminina Colorada garante a sororidade entre as integrantes e afirma:

― Lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive no estádio!

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance