Com passaporte apreendido, Ronaldinho Gaúcho vira embaixador do turismo do Brasil
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com passaporte apreendido, Ronaldinho Gaúcho vira embaixador do turismo do Brasil

Ronaldinho - Embratur
Ronaldinho vai divulgar o Brasil nas suas redes sociais (Divulgação/Embratur)
LANCE! - 05/09/2019 - 20:32
Brasília (DF)
O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho vai encarar uma nova carreira. O ex-camisa 10 de times como Barcelona, Milan, Flamengo, Atlético-MG e Seleção Brasileira, foi nomeado, nesta quinta-feira, Embaixador do Turismo do Brasil. O anúncio foi feito pela Empresa Brasileira de Turismo, que elegeu 15 nomes para promover o país no exterior. O curioso é que, atualmente, Ronaldinho está com o seu passaporte retido e impedido de sair do Brasil.

Segundo a Embratur, Ronaldinho ajudará, voluntariamente, em diversas campanhas a serem realizadas pelo órgão. Os Embaixadores do Turismo do Brasil disponibilizarão suas imagens e redes socais para divulgar as atrações turísticas do País.

- O turismo é importantíssimo para gerar empregos e recuperar nossa imagem internacionalmente. Espero continuar em todo lugar do mundo, onde eu passar, falando bem do nosso país, convidando o mundo todo a vir para o nosso país. É um motivo de muito orgulho - disse Ronaldinho.

Entre as ações previstas, está o projeto de um reality show chamado "Rei do Rolê". Nele, estrangeiros irão competir para serem escolhidos para passar 30 dias conhecendo o Brasil de graça. O selecionado será recebido pelos embaixadores, como Ronaldinho e Bruno e Marrone.

E MAIS:
Ronaldinho está com seu passaporte retido desde novembro de 2018, após ser condenado, junto com seu irmão e empresário - e também ex-jogador - Roberto Assis, por crime ambiental por conta da construção ilegal de um píer com plataforma de pesca e atracadouro na orla do Lago Guaíba, no Rio Grande do Sul, em área de preservação permanente, sem autorização. Na última segunda-feira, a ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber negou o pedido feito por eles para terem seus documentos liberados.

Facebook Lance Twitter Lance