Do menino ao experiente: Digão volta ao Flu em outro momento da carreira
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Do menino ao experiente: Digão volta ao Flu em outro momento da carreira

Digão - Fluminense 2009
Digão pelo Fluminense, em 2009, ano que chegou aos profissionais do Tricolor (Reprodução/Site Oficial)
LANCE! - 29/06/2018 - 06:20
Rio de Janeiro (RJ)
Do menino da base a um dos mais experientes do elenco: Digão está de volta ao Fluminense. Cria das categorias de base do Tricolor, o garoto, que estreou nos profissionais em 2009, retorna em outro momento da carreira, com o objetivo de reforçar o elenco e ajudar o time das Laranjeiras a sair da má fase e alçar voos mais altos no restante da atual temporada.

O jogador chegou ao grupo principal com 21 anos, em uma temporada que fez a equipe do Fluminense ganhar o apelido de "Time de Guerreiros", após, na última rodada do Campeonato Brasileiro, escapar de um rebaixamento tido como certo. Agora, depois de dois títulos do Brasileiro pelo próprio Tricolor e passagem pelo exterior, chega em uma situação distinta, sendo um dos veteranos em um elenco recheado de jovens.

Nos tempo de Flu, Digão era opção e, dependendo da necessidade, podia atuar tanto pelo lado direito quanto pelo esquerdo. Neste reencontro com o Tricolor, inclusive, o zagueiro poderá também reeditar a dupla com Gum, com quem já teve oportunidade de atuar lado a lado nos anos em que esteve no Fluminense.

No clube mais recente, o Cruzeiro - depois de vestir a camisa do Al Hilal, da Arábia Saudita, e do Al Sharjad, dos Emirados Árabes Unidos -, chegou no segundo semestre do ano passado e atuou em 15 partidas, sendo três na atual temporada.

Para o setor, além de Digão, Marcelo Oliveira conta ainda com Gum, Renato Chaves, Ibañez e Frazan. Assim, dos cinco disponíveis, três são crias de Xerém. Nesta paralisação para a Copa do Mundo, o clube perdeu Luan Peres e Nathan Ribeiro, ambos com rápidas passagens pelas Laranjeiras.

Abel Braga, técnico que começou o ano no Flu e entregou o cargo no último dia 16, implementou o 3-5-2, mas Marcelo Oliveira já deu indícios de que não deve levar o esquema à frente no segundo semestre.

Matheus Babo - Editor do site do L! e setorista de Flu entre 2011 e 2014

"Depois de perder Luan Peres e Nathan, o Fluminense realmente precisava buscar um zagueiro no mercado. As condições financeiras não permitem muitos gastos e a diretoria acertou ao buscar um jogador que tem identificação com o clube, já que foi criado em Xerém. Digão não vai resolver os problemas defensivos do Fluminense, mas conhece o clube e com certeza ajudará.

Digão tem como principal característica a força física. É um zagueiro forte, com boa altura. Na primeira passagem ficou na sombra de Gum e Leandro Euzébio, mas foi bastante utilizado quando um dos dois não podia atuar. Como vinha tendo poucas oportunidades no Cruzeiro, este retorno pode ser muito bom para ele"


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance