Gramado do Maracanã é criticado no Flu: 'Tem parte que nem grama tem'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Gramado do Maracanã é criticado no Flu: 'Tem parte que nem grama tem'

Jadson
Jadson foi um dos que reclamou do gramado do Maracanã (FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.) 
LANCE! - 11/09/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ) 
O Maracanã foi palco da final da Copa do Mundo 2014 e da decisão do futebol masculino na Olimpíada Rio-2016, mas o gramado nem de longe lembra o apresentado nestes grandes eventos. Reclamações não faltam, mas a situação pouco parece melhorar. A partida entre Fluminense e Botafogo, disputada no último domingo, chamou atenção pela quantidade de areia presente em campo. Críticas pelo estado do gramado não faltaram pelo lado tricolor. 

– Tem parte do gramado que nem grama tem. É difícil, um estádio histórico como esse, um ponto turístico da cidade do Rio de Janeiro, onde tanta gente já jogou, estar mal cuidado dessa maneira – reclamou o volante Jadson. 

O uso de areia no gramado é chamado de "top dresser", uma técnica usada para nivelamento das imperfeições da grama – começou no último dia 4 e ainda não atingiu o seu estágio completo. O estádio recebeu seis partidas nos últimos 11 dias e têm áreas bastantes desgastadas, principalmente na região próxima ao gol norte.

Outro que esbravejou contra a situação do gramado do Maracanã foi Marcelo Oliveira. O treinador esbravejou contra o tratamento dado ao estádio e citou a dificuldade que as equipes tem para atuar no estádio - principalmente o Fluminense, onde tratou de justificar alguns erros cometidos pela dificuldade em conduzir a bola por conta do campo. 

– Embora o Fluminense seja parceiro do Maracanã, como técnico tenho de reclamar. O campo está muito ruim. Tem vezes que cruzamento não sai ou uma bola não é dominada por conta do campo. Todos observam isso e alguma atitude precisa e deve ser tomada. O estádio é maravilhoso e precisa de um gramado bom – esbravejou Marcelo Oliveira após a partida contra o Botafogo. 

Alvo de críticas por parte de jogadores, treinadores e dirigentes, o gramado do Maracanã será o motivo do fechamento do estádio para reforma. A pedido de Greenleaf, responsável pelo cuidado da grama, o estádio será fechado entre os dias 13 de setembro e 9 de outubro. A bola rola pela última vez na partida entre Flamengo e Corinthians, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Neste período, o maior prejudicado será o Fluminense. O Tricolor seria mando em três partidas oficiais: contra Grêmio e Paraná, pelo Campeonato Brasileiro, e contra o Deportivo Cuenca (EQU), pela Copa Sul-Americana. A informação foi divulgada inicialmente pelo 'O Globo' e confirmada pelo LANCE!. O clube está ciente do fechamento e corre atrás de novas opções - o estádio Nilton Santos é uma das opções.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance