Futuro de Pedro segue sem definição e gera inquietação no Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Futuro de Pedro segue sem definição e gera inquietação no Flu

Pedro Fluminense
Pedro comemora gol pelo Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Victor Mendes - 31/08/2019 - 16:00
Rio de Janeiro (RJ)
Recuperando-se de lesão muscular na coxa direita, Pedro está próximo de retornar aos gramados. Mas tem uma pergunta que não quer calar em relação a volta do atacante: em que time será? As chances dela ser, de fato, no Fluminense ficaram mais alta, mas a indefinição na situação gera inquietação. A janela nos principais campeonatos da Europa fecha nesta segunda-feira.

O diretor esportivo da Fiorentina admitiu publicamente que deseja contar com a cria de Xerém, mas salientou para a "dificuldade da negociação". O Bordeaux é outro que acena com a possibilidade de propor uma oferta, embora nada de oficial da França tenha chegado à diretoria tricolor. Os empresários de Pedro mantêm conversas com os clubes interessados, mas nada está definido.

Não é a primeira vez que o Bordeaux se mostra interessado na contratação de Pedro. Em 2018, o clube chegou a mandar representantes ao Rio de Janeiro para acompanhar o centroavante em partidas do Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana e formalizou duas propostas, recusadas pelo presidente Pedro Abad. Monterrey (MEX) e Borussia Dortmund também monitoraram o camisa 9 anteriormente. O Real Madrid ficou a um triz de levá-lo, mas a lesão no joelho, que o tirou do restante da temporada passada, impediu o negócio.

VALORES NA MESA

O LANCE! apurou que está praticamente descartada que chegue uma proposta como a que o Real ofereceu há um ano, de 30 milhões de euros (R$ 130,7 milhões). A multa rescisória de Pedro para clubes do exterior é de 50 milhões de euros (um pouco mais de R$ 228 milhões) e o Fluminense possui 50% dos direitos econômicos.

Dessa vez, estima-se que o Bordeaux possa desembolsar entre 12 e 15 milhões de euros (cerca de R$ 55 e 68 milhões). A imprensa italiana fala 3 milhões de euros pelo empréstimo (um pouco mais de R$ 13 milhões) e opção de compra de 15 milhões de euros, com o valor inicial sendo descontado. No fim de junho, o Flamengo flertou com a compra do jogador. Ofereceu um número próximo de 12 milhões de euros, por 70% dos direitos econômicos. O Fluminense detém 50% de Pedro, enquanto o Artsul possui outra metade.

De qualquer forma, a diretoria espera uma resposta concreta neste domingo. Caso precise, Pedro viajará à Europa amanhã. Do contrário seu retorno às quatro linhas ainda não tem uma data. Ele treinou normalmente neste sábado no CT Pedro Antonio, mas não deve ser opção para encarar o Avaí, na segunda-feira, às 20h, no Maracanã.

Uma eventual venda do principal jogador do time na temporada de 2018 serviria pra aliviar ainda mais os problemas financeiros que o Fluminense passa há algum tempo. A atual gestão, que tem Mario Bittencourt com presidente, gradativamente tem apresentado soluções quanto aos salários atrasados e as penhoras que o clube sofre. De qualquer forma, a manutenção de Pedro serviria como combustível no âmbito esportivo, já que o Fluminense está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e acabou de ser eliminado da Sul-Americana .

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance