Vai ou fica? Flu tem atletas com contrato encerrando em dezembro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vai ou fica? Flu tem atletas com contrato encerrando em dezembro

  •  Montagem Julio Cesar, Gilberto / Gum e Marcos Jr
    Julio Cesar, Gilberto, Gum e Marcos Jr são os titulares que encerram contrato em dezembro; veja a lista na galeria MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
  •  Júlio César
    Júlio César (Foto: Reprodução)
  •  Rodolfo vestirá a camisa 39 no Fluminense
    Rodolfo  FLUMINENSE F.C.
  •  Guillermo De Amores
    De Amores (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)
  •  Gilberto - Fluminense
    Gilberto LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
  •  Lateral-direito Leo treina no Fluminense
    Leo  (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
  •  Airton, volante do Fluminense
    Airton (Foto: Lucas Merçon/ FFC)
  •  Marlon - Fluminense
    Marlon (Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.)
  •  Dodi
    Dodi MAILSON SANTANA/FLUMINENSE
  •  Ceará x Fluminense GUM
    Gum LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
  •  Coletiva Marcos Junior - Fluminense
    Marcos Junior (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Luiza Sá e Marcello Neves - 11/08/2018 - 06:00
Rio de Janeiro (RJ) 
O ano de Copa do Mundo passou rápido: já estamos em agosto. E a temporada do futebol brasileiro, junto com muitos contratos profissionais, vai chegando ao fim. Alguns jogadores importantes do Fluminense têm vínculo apenas até dezembro e, com a nova diretoria de futebol, o elenco vai se reformulando aos poucos. Muitos ainda têm o futuro indefinido. O LANCE! explica a situação de cada atleta em fim de contrato.

Do atual elenco profissional, dez jogadores possuem apenas mais quatro meses de vínculo. Quatro deles estão entre os titulares, sendo dois com grande identificação com a torcida. Entre os outros seis, alguns começaram a ganhar espaço com o técnico Marcelo Oliveira e podem ter seus vínculos renovados. São eles:

Júlio César: titular absoluto na meta tricolor, tem contrato encerrando em dezembro de 2018. Quando questionado sobre a sua situação, declarou que não foi contactado sobre o assunto. Vive seu melhor momento no clube e supriu bem a lacuna deixada pela saída de Diego Cavalieri. Completou 100 jogos recentemente. 

Rodolfo: foi escolhido por Abel Braga para ser o futuro dono da meta tricolor. Também foi bem avaliado pelo departamento de scout, que concordou com a sua contratação. Os valores também são acessíveis para o Fluminense. No entanto, ainda não teve uma sequência como titular, muito por causa da boa fase de Júlio César. 

De Amores:
foi um pedido da torcida após a partida contra o Liverpool (URU), pela Copa Sul-Americana de 2017. O próprio Abel Braga admitiu que "não entendeu a contratação" e que "o Fluminense não está gastando pouco com ele". Sequer entrou em campo, lesionou duas vezes e sua permanência no clube é praticamente descartada. 

Gilberto: após Pedro, é provavelmente o melhor jogador do Fluminense nesta temporada. Existe a intenção de mantê-lo no elenco para 2019, mas o clube sabe que enfrentará concorrência. A boa fase já atraiu olhares de clubes brasileiros e estrangeiros, e o Tricolor sabe que terá que entrar em um leilão se quiser ficar com o atleta. A Fiorentina (ITA) detém os direitos.

Léo: chegou em fevereiro com a expectativa de brigar pela titularidade com Gilberto. Não teve boas atuações e chegou a ser vaiado pelos torcedores na partida contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. Pela impopularidade com a torcida e pelo investimento não ser considerado necessário, é mais um que não deve continuar em 2019. 

Gum: renovou em 2015 por mais três anos e vê o vínculo se encerrar no final do ano. Carrega a idolatria da torcida, várias marcas históricas defendendo a camisa do Fluminense e é titular na defesa. Já aceitou conversar com a diretoria e reduzir o próprio salário por uma renovação. 

Marlon: o Fluminense não exerceu o direito de compra de Marlon em dezembro de 2017, mas acertou um empréstimo para manter o jogador por mais um ano. No ano passado, encerrou o ano como titular, mas perdeu a posição para Ayrton Lucas em 2018. Os valores para a compra em pesam no acerto, além da boa fase do emprestado Matheus Mascarenhas.

Dodi: contratado por empréstimo junto ao Criciúma, ganhou a titularidade com Marcelo Oliveira, mas não é considerado incontestável. Não está inscrito na Copa Sul-Americana e será ausência na maioria dos jogos decisivos da temporada. Por outro lado, tem feito bons treinos e conta com a simpatia do treinador. 

Airton: passou metade da temporada na reserva de Richard e convivendo com problemas físicos, mas voltou a ter boa forma e  assumiu a titularidade. Não demorou para também ganhar o apoio da torcida, que deseja a sua permanência no elenco para 2019. Ainda não foi chamado para conversar sobre uma possível renovação. 

Marcos Júnior: vive um ano de altos e baixos no Fluminense, mas vive a mesma situação de Gum: identificado com o clube e com a torcida, mas ainda não foi procurado para renovar. Começou o ano como titular e foi campeão da Taça Rio tendo boa atuação, mas perdeu posição para Júnior Dutra com Marcelo Oliveira. 


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance