Calejado na luta contra o Z4, Nenê afirma: 'Precisamos ligar o alerta'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Calejado na luta contra o Z4, Nenê afirma: 'Precisamos ligar o alerta'

Fluminense x Corinthians - Nenê
Nenê é um dos poucos que foram poupados pelos torcedores na derrota para o Avaí (Foto: AFP)
Joel Silva - 03/09/2019 - 17:14
Rio de Janeiro (RJ)
A situação do Fluminense no Campeonato Brasileiro é muito complicada e o rebaixamento é um risco real para o Tricolor. Com 12 pontos e uma partida a menos, o time tem até o final da competição mais 22 rodadas para deixar o Z4. Em tese, são muitos jogos para se recuperar, porém para o meia Nenê, a atenção tem que ser redobrada o quanto antes.

- Com certeza precisamos ligar o alerta. Já aconteceu várias vezes o que ocorreu contra o Avaí. Tivemos várias chances, não aproveitamos e tomamos o gol. Agora temos que aguentar as consequências, trabalhar e nos unir nesse momento para sair dessa situação. Todos nós temos parcela nisso. Vamos seguir, sem abaixar a cabeça. Temos que melhorar e precisamos começar a partir de agora - disse.

Nenê sabe muito bem o que está falando. Afinal de contas, escapar do rebaixamento não é novidade para o meia. Quando retornou ao Brasil, no segundo semestre de 2015, topou o desafio de ajudar o Vasco a se manter na Série A. Ele estreou pelo Cruz-Maltino na 19ª rodada, na derrota para o Coritiba, no Maracanã.



Na ocasião, o time estava na última colocação, com apenas 13 pontos, tendo que tirar uma diferença de seis pontos, a mesma que se encontra atualmente o Fluminense. Nenê participou das 20 rodadas, somando sete vitórias, sete empates e seis derrotas.

Apesar da grande campanha, muito em função do próprio desempenho do meia, que contribuiu com nove gols e quatro assistências, o Vasco foi rebaixado, com 41 pontos, precisando de mais três para se manter na Série A. O jogador também tem um outro rebaixamento na carreira, quando ainda estava começando, com 20 anos. Nenê defendeu o Palmeiras, na primeira queda do clube paulista, em 2002.

ENGASGADO COM A DERROTA

A derrota para o Avaí ainda incomoda bastante o elenco do Fluminense, em especial Nenê, que teve ainda no primeiro tempo uma chance clara para abrir o placar para o Tricolor. O jogador se sente bastante frustrado com o resultado, principalmente por ter contribuído com isso, ao falhar na cara do gol.

- Estou frustrado, inconformado, porque tivemos várias chances de gol. Eu mesmo tive uma e fico maluco quando tenho essa possibilidade e não defino. Isso é uma das coisas que se esperam de mim, então eu sou o primeiro a ficar mais p... de não ter acertado - comentou.

TABELA

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Com o resultado ruim, a pressão em cima do técnico Oswaldo de Oliveira já se torna grande perante aos torcedores, que o vaiaram no segundo tempo contra o Avaí. Nenê saiu em defesa do treinador e fez um apelo aos tricolores, pedindo a união de todos para que o Fluminense consiga dar a volta por cima.

- Eram duas decisões para a gente e a reação da torcida é normal, temos que aceitar isso. Vamos nos ajudar, uns aos outros, dentro de campo, nos treinamentos. Só estando juntos para sair disso. O Oswaldo está lá comandando e pelo resultado sofreu com a insatisfação da torcida. Isso faz parte e ele entende totalmente, confia no grupo e confiamos nele. Temos que estar todos juntos nesse momento, fazer mais, trabalhar mais, porque senão as coisas vão complicar ainda mais - finalizou.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance