Autuori evita previsões para 2018, diz que 'ambiente é ótimo' e elogia Abel
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Autuori evita previsões para 2018, diz que 'ambiente é ótimo' e elogia Abel

Paulo Autuori em coletiva
Paulo Autuori em entrevista no CT Pedro Antonio (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)
Matheus Dantas  - 05/01/2018 - 14:30
Rio de Janeiro (RJ)
Paulo Autuori é um homem do futebol. Ex-técnico, teve uma carreira vitoriosa com passagens por grandes clubes do Brasil e exterior e, hoje, o dirigente é o homem forte do departamento do Fluminense. Com a experiência ao lado, o diretor evitou fazer previsões sobre os resultados do Tricolor na temporada, mas demonstrou confiança no trabalho executado pelo Tricolor das Laranjeiras.

- Já fui técnico de futebol e sei que não tenho como prever nada. A gente trabalha e confia no que faz - afirmou Paulo Autuori, no CTPA, antes de seguir:

- Sabemos das dificuldades que enfrentaremos, mas não queremos criar mais dificuldades do que os oponentes vão nos colocar dentro de campo. Estamos satisfeitos de começar um ano esperançosos, mas é muito mais no sentido de ir à luta, trabalhar e enfrentar as dificuldades de frente - avaliou o diretor.

Os desafios do Fluminense na temporada começarão em Orlando, onde o time de Abel Braga disputará a Florida Cup. A delegação embarca para os Estados Unidos na próxima terça-feira, dia 9, e enfrenta o PSV, da Holanda, no dia 12. O Tricolor também enfrentará o Barcelona de Guayaquil, do Equador, no dia 15.

O grupo que viajará ainda não foi divulgado pelo Tricolor. A presença de Scarpa, que faltou aos três dias de pré-temporada até agora, é uma incógnita.

Com dispensa de oitos jogadores, entre eles Henrique e Diego Cavalieri, e até "sumiço" de Gustavo Scarpa, a pré-temporada do Fluminense começou de forma conturbada. Anunciado como diretor de futebol no fim de dezembro, Paulo Autuori vive seus primeiros dias com o elenco e garantiu um bom clima.

- O ambiente é ótimo. O nosso papo é direto, veremos no dia a dia se seremos capazes de suportar as dificuldades tanto individual quanto em grupo - disse.

Em 2017, a presença do treinador Abel Braga foi destacada como fundamental para o bom ambiente de trabalho, apesar dos frequentes atrasos salariais, graves lesões e saída de jogadores. Paulo Autuori, hoje dirigente, mas com uma carreira vitoriosa como técnico, foi mais um a confirmar a situação.

- O Abel é a figura máxima. Começou o ano extremamente motivado, com um discurso claro e forte com os jogadores. Temos um treinador de altíssimo nível, um campeão da vida e tremendo parceiro do clube. O objetivo é oferecer ao Abel condições de lutar por aquilo que ele está acostumado, que são títulos.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance