ATUAÇÕES: Pablo Dyego se destaca na vitória do Flu no Maracanã
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



12/04/2018 | 00:27

ATUAÇÕES: Pablo Dyego se destaca na vitória do Flu no Maracanã

  •  Fluminense x Nacional Portosi
    Depois de tanto insistir, o Fluminense conseguiu construir uma boa vantagem diante do Nacional Potosí, nesta quarta-feira, no Maracanã, em duelo pela Sul-Americana. Quando o placar ainda estava zerado, Abel Braga mandou a campo Pablo Dyego, que no primeiro toque na bola abriu o placar. O atacante ainda quase fez um gol antológico. Gum e Pedro completaram o resultado: 3 a 0. Outros nomes também se destacaram na boa atuação coletiva. Confira as notas do L! (Avaliações por Luiza Sá - luizasa@lancenet.com.br). (Foto: Jorge Rodrigues/Eleven)
  •  Atuações - Fluminense - Julio Cesar
    7,0 - Júlio César - Foi seguro quando solicitado, mas não precisou suar a camisa durante o jogo. O Nacional pouco criou durante a partida. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Renato Chaves
    7,0 - Renato Chaves - Não teve problemas na defesa e também foi para a área tentar ajudar nos ataques do Fluminense. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Gum
    7,5 - Gum - Já havia criado uma ótima chance antes de fazer o gol. Além da segurança na defesa, se apresentou no ataque e foi eficiente. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Ibañez
    6,5 - Ibañez - Se apresentou menos dentro da área adversária, mas foi seguro quando precisou aparecer defensivamente. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Gilberto
    6,5 - Gilberto - Do lado direito, ajudou a criar algumas boas oportunidades, principalmente em um primeiro tempo mais limitado. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Richard
    5,0 - Richard - Foi apagado na partida e não teve boa apresentação. Poderia ter sido substituído, mas Abel preferiu mantê-lo. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Jádson
    5,5 - Jádson - Teve uma boa chance no segundo tempo, mas pouco fez enquanto esteve em campo. Apagado, como todo time do Flu na primeira etapa, ficou devendo. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Sornoza
    6,5 - Sornoza - Encontrou muita dificuldade para infiltrar pelo meio, mas sua situação melhorou depois dos gols e ele apareceu melhor. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Ayrton
    7,5 - Ayrton Lucas - Se Pablo não tivesse mudado o jogo, seria o melhor em campo. Armou as principais jogadas do Flu, se apresentou e puxou a responsabilidade. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Marcos Júnior
    4,5 - Marcos Junior - Com poucas chances do Fluminense no ataque, o camisa 11 na Sul-Americana ficou devendo na frente. Foi substituído no meio do segundo tempo. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Pedro
    7,0 - Pedro - Se apresentou para as jogadas no ataque, mas ficou devendo na pontaria. Melhorou na segunda etapa e foi coroado com o gol. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Matheus Alessandro
    6,0 - Matheus Alessandro - Se manteve regular durante o tempo em que ficou em campo e ajudou na reação tricolor. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Douglas
    - Douglas - Sem tempo para nota (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Pablo Dyego - Fluminense - Atuações
    8,0 - Pablo Dyego - Entrou e mudou completamente a dinâmica do jogo. Fez o gol logo com poucos minutos e quase marcou de bicicleta. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Atuações - Fluminense - Abel Braga
    7,0 - Abel Braga - Manteve a escalação dos últimos jogos e acertou em cheio em apostar na entrada de Pablo Dyego na segunda etapa. (Foto: Fluminense/Divulgação)
  •  Fluminense x Nacional Portosi
    NACIONAL POTOSÍ - É difícil ressaltar uma característica positiva no jogo escolhido pelo Nacional Potosí. No entanto, a luta para segurar as investidas do Fluminense no primeiro tempo deu certo. Apesar dos meios utilizados para parar o jogo, as duas linhas de quatro montadas pelo técnico Edgardo Malvestiti fizeram efeito nos primeiros 45 minutos, acabando com qualquer oportunidade do tricolor. O Nacional Potosí apostou em uma proposta ruim de jogo, querendo segurar e fazer cera desde o início da partida no Maracanã. O goleiro Leonardo Romero foi o principal responsável por enrolar e ficar com a bola. A equipe acabou pagando pela prática na segunda etapa, mas fez muitas faltas fortes e desnecessárias, levando um show de cartões amarelos e até o vermelho de Alaca. Jorge Rodrigues/Eleven
SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance