ATUAÇÕES: Everaldo se salva, e Luciano fica devendo no Tricolor
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



28/04/2019 | 22:31

ATUAÇÕES: Everaldo se salva, e Luciano fica devendo no Tricolor

  •  Fluminense x Goiás
    O Fluminense iniciou o Campeonato Brasileiro com derrota. No duelo movimentado e polêmico, o Tricolor acabou derrotado pelo Goiás, por 1 a 0, neste domingo, no Maracanã. Rafael Vaz fez o único gol da partida aos 47 minutos da etapa final, de falta. Confira as notas do LANCE! (Por Victor Mendes - reporterflu@lancenet.com.br) (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
  •  Atuações - Fluminense - Rodolfo
    Rodolfo 5,5 - Não teve culpa no gol que sofreu, mas acabou vaiado pela torcida. Não tem passado confiança aos torcedores nos últimos jogos. Divulgação Fluminense
  •  Atuações Gilberto 2018
    Gilberto - 5,5 - Participou mais no primeiro tempo do que no segundo. Agudo, foi opção perigosa pelo lado direito. Depois, caiu de rendimento e sumiu no jogo. Divulgação
  •  Atuações - Fluminense - Matheus Ferraz
    Matheuz Ferraz - 6,0 - Cortou algumas bolas pelo alto e ajudou no combate a Kayke. Na frente não conseguiu levar o perigo usual na bola parada. Melhor zagueiro do time no ano. Divulgação Fluminense
  •  Atuações - Nino (Fluminense)
    Nino - 5,5 - Passou por apuros com a velocidade dos contra-ataques do Goiás. É um zagueiro mais de área, que sofre quando tem que correr atrás de um adversário. Levou a pior no duelo com Giovani Augusto. (Foto: Reprodução)
  •  Atuações Fluminense - Caio Henrique
    Caio Henrique - 6,0 - Foi um dos jogadores mais criativos do time, em especial no primeiro tempo, quando fez boas tabelas com Everaldo. Terminou o jogo de zagueiro com as mudanças de Diniz. Atuações Fluminense - Caio Henrique
  •  Atuações - Fluminense - Airton
    Airton - 5,5 - Teve problemas defensivos diante dos contra-ataques do Goiás. Ofensivamente, pouco influenciou no desempenho coletivo tricolor. Divulgação Fluminense
  •  Atuações Fluminense - Bruno Silva
    Bruno Silva - 5,0 - Mal, mais uma vez. Sofreu com a retranca do Goiás e, dessa forma, não conseguiu ajudar o meio-campo no auxílio ao ataque. Atuações Fluminense - Bruno Silva
  •  Atuações - Fluminense - Allan
    Allan - 5,5 - Com o meio-campo congestionado, teve muitos problemas para assegurar a posse. Com a bola nos pés não foi o diferencial, dessa vez. Atuação tímida. Lance!
  •  Atuações - Fluminense - Luciano
    Luciano - 4,5 - É um dos melhores do time no ano, mas fez sua pior atuação em 2019. Não somente pelo pênalti perdido, mas por ter se entregado fácil à marcação do Goiás. Divulgação Fluminense
  •  Atuações Fluminense - Yony Gonzalez
    Yoni - 5,5 - Ilhado no ataque, foi encaixotado pelo sistema defensivo rival. Mostrou raça, mas sem sucesso. Precisa de espaços para fluir melhor seu jogo. Atuações Fluminense - Yony Gonzalez
  •  Atuações - Fluminense - Everaldo
    Everaldo - 6,5 - Contra as compactadas linhas do Goiás, foi o jogador mais importante para tentar furar a defesa rival, até por ter o drible como principal característica. Marcou um gol, mas que foi anulado após consulta da arbitragem ao VAR. Divulgação Fluminense
  •  Atuações - Fluminense - Pedro
    Pedro - 6,0 - É evidente que não está na forma física ideal, mas tecnicamente é acima da média. Sua entrada ajudou o Tricolor a mover a zaga do Goiás. Quase marcou um gol. Atuações - Fluminense
  •  Atuações - Fluminense - Leo Artur
    Léo Artur - 5,5 - Quando entrou em campo foi aplaudido pela torcida. Porém, teve um pouco mais de 15 minutos para tentar fazer algo e não teve sucesso. Não cumpriu as expectativas dos torcedores. Lance!
  •  Atuações - Fluminense - João Pedro
    João Pedro - 5,5 - Entrou faltando pouco tempo pra acabar o jogo e quando entrou o time já estava perdendo. Não conseguiu fazer a diferença. Divulgação Fluminense
  •  Atuações - Fluminense - Fernando Diniz
    Fernando Diniz - 5,0 - Diniz sabe que no Campeonato Brasileiro vai enfrentar mais vezes equipes com o comportamento como o Goiás. Até por causa disso, fica o alerta quando à lenta transição defensiva. O Flu teve muitos problemas quando o rival contra-atacava. Divulgação Fluminense
  •  Fluminense x Goiás
    GOIÁS - SOBE NÓ TÁTICO O técnico Claudinei Oliveira foi feliz no planejamento do jogo. Parou o ataque tricolor com uma sólida defesa e explorou os contra-ataques, onde sempre levou perigo. Ratificou a ótima noite ao colocar Rafael Vaz e três minutos depois o zagueiro marcar o gol da vitória. GOIÁS DESCE TIMIDEZ NO ATAQUE O Goiás foi perfeito na defesa, mas no ataque foi bem mais tímido, até pela proposta do seu treinador. O centroavante Kayke, ex-Flu, quase não tocou na bola. (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)


SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance