Abel tem semana cheia pra corrigir erros defensivos, comuns no clássico
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Abel tem semana cheia pra corrigir erros defensivos, comuns no clássico

  •  Renato Chaves Flamengo Fluminense
    Renato Chaves Flamengo Fluminense Gilvan de Souza
LANCE! - 09/10/2017 - 07:15
Rio de Janeiro (RJ)
Sem vencer no Brasileirão desde agosto, o Fluminense tenta a reabilitação para fugir da degola justamente contra o Flamengo, pedra no sapato na temporada. No ano, foram cinco confrontos e em nenhum deles a equipe de Abel venceu nos 90 minutos - o título da Taça Guanabara, em março, foi decidido nos pênaltis. No entanto, na maioria das partidas, o Tricolor teve atuação melhor do que o rival. E é isso que motiva o lateral Lucas a dar o troco nesta quinta-feira.

- É um time com muita qualidade, vem demonstrando isso durante o ano. Mas temos feito bons jogos contra eles, os Fla-Flus que tiveram foram bons jogos, sempre muito difíceis pela qualidade deles. Mais um desafio para nós, jogo difícil. Precisamos da vitória para sair dessa situação - afirma.

De nada adianta jogar bem se a vitória nao vier, é verdade. No caso do Fluminense, os resultados negativos vieram por uma sequência de erros defensivos no clássico. Desta vez, a semana cheia de treinos antes do confronto decisivo será usada para corrigir e definir a formação da defesa.

- É uma semana para trabalhar justamente a correção dos detalhes, chegar no jogo e fazer bem feito. Tem o lado que nós queremos jogar logo para sair dessa situação. Cria-se essa ansiedade, mas é bom ter tempo pra treinar, recuperar alguns atletas - diz o camisa 2.

Nesta manhã, a equipe se reapresenta no CT Pedro Antonio e o treinador deve testar a escalação inicial. Frazan está suspenso, e os titulares Henrique e Renato Chaves serão reavaliados fisicamente. Disponíveis estão Nogueira, Reginaldo e o 'esquecido' Gum, que ainda nao jogou na temporada.

CHEGOU A VEZ DE GUM?
Contestado pela torcida na última temporada, o zagueiro Gum saiu dos planos de Abel e quase foi negociado. Agora, recuperado de lesão, vira opção para reta final. E, diante de tantas falhas defensivas, pode ser o nome certo para enfrentar o Flamengo. O histórico é positivo: era ele o titular na última vitória sobre o rival.

Desde então, outras três opções - além de Henrique - foram testadas no clássico e falharam. Renato Chaves, por algumas vezes, comprometeu: falhou feio na final do Carioca, no gol de Everton, e teve atuação bem abaixo ja final da Taça Guanabara, deixando Guerrero livre para cabecear na pequena área - lance em que Everton, no rebote, mais uma vez aproveitou.

No primeiro turno do Brasileirão deste ano, quem fez dupla com o capitão foi Reginaldo. Não teve atuação ruim, mas se atrapalhou com Lucas e deixou Diego livre na pequena área para mandar pras redes. Nogueira teve uma participação no Fla-Flu, com reservas, e mesmo sem falhar em gols sofreu para marcar Leandro Damião.

A última partida oficial de Gum foi no ano passado, ainda com o interino Marcão, no Brasileirão. O camisa 3 chegou ao clube em 2009 e participou de dois títulos brasileiros e em outras duas vezes escapou do rebaixamento.

icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance