Abel é eleito personalidade carioca do ano e abre coração sobre perda do filho
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Abel é eleito personalidade carioca do ano e abre coração sobre perda do filho

  •  Abel Braga
    Abel Braga se emocionou no reencontro com os gramados, uma semana após a perda do filho. Confira imagens na galeria (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga - Fluminense x Atlético-GO
    Na coletiva de imprensa após a partida contra o Atlético-GO, o treinador usou camisa com a imagem de João Pedro (Foto: Lucas Merçon/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga
    Abel Braga foi abraçado por torcedores, não só do Fluminense, após o triste episódio LUCAS MERÇON / FLUMINENSE
  •  Abel Braga
    Tratado como 'paizão' pelo elenco, Abel Braga também recebeu o carinho dos jovens torcedores LUCAS MERÇON / FLUMINENSE
  •  Abel
    No primeiro jogo fora de casa, contra o Sport, ouviu a Ilha do Retiro gritar o nome de seu filho em uma só voz (Foto: Clélio Tomaz/AGIF)
  •  Abel Braga - Sport x Fluminense
    Abel Braga - Sport x Fluminense (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga - Primeiro treino após morte de João Pedro
    O primeiro treino após morte de João Pedro teve discurso do treinador e apoio total do elenco (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga - Primeiro treino após morte de João Pedro
    O grupo todo abraçou Abel, que não quis se ausentar dos compromissos e mostrou muita força (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga - Primeiro treino após morte de João Pedro
    Abel Braga - Primeiro treino após morte de João Pedro (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)
  •  Abel Braga - Primeiro treino após morte de João Pedro
    Abelão foi abraçado pelos jogadores e ouviu palavras de carinho do capitão Henrique (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)
  •  João Pedro Braga e Abel Braga
    João Pedro Braga e Abel Braga (Foto: Reprodução)
LANCE! - 28/09/2017 - 17:40
Rio de Janeiro (RJ)
Fora de campo, Abel Braga deu uma demonstração de muita força em um dos momentos mais dolorosos de sua vida. Após perder o filho João Pedro, de 19 anos, o treinador voltou a trabalhar dias depois e foi abraçado pelo clube, colegas e torcedores de todo Brasil. Por isso, foi eleito a personalidade carioca do ano será homenageado nesta sexta-feira, na Câmara Municipal

Na manhã desta quinta, em coletiva no CT Pedro Antonio, o treinador do Fluminense abriu o coração e revelou que trabalhar no futebol dá forças para seguir em frente.


- Procurando superar. Tem que trabalhar todo dia em cima disso. A perda, a saudade, saber que não vê-lo mais, vai mexer comigo o resto da minha vida. É duro, mas um filho... Não queira passar por isso. É complicado. Isso aqui me ajuda muito. Já tinha esse sentimento, hoje é muito maior.

Desde que o triste episódio, o rendimento do Fluminense em campo despencou. No último jogo, o técnico disse que não seguiu suas convicções e errou na escolha da estratégia. Mas garantiu que nada tem a ver com o que passou.


- Se um dia eu sentir que isso tudo está influenciando, eu fico em casa. Ano passado eu não trabalhei. Depois do jogo contra o Palmeiras, raras vezes ou quase nenhuma, eu não segui minha consciência. Domingo eu não segui, perdi e assumi a responsabilidade. E não tem nada a ver com o que eu passei - disse Abelão, que revelou em seguida.

- Quando ganho, ofereço a ele. Converso com ele todo dia e isso me conforta.

ALEXANDRE TORRES TAMBÉM RECEBE HOMENAGEM
O gerente de futebol do Fluminense, Alexandre Torres, também receberá homenagem nesta sexta. Neste caso, em memória do pai Carlos Alberto Torres, ídolo tricolor e capitão da Seleção Brasileira na conquista do tri na Copa de 1970. O 'Capita' faleceu em outubro do ano passado e fez parte da história do futebol carioca, com passagens marcantes por Fluminense, Flamengo e Botafogo.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance