Abad, sobre renúncia: 'Se achar que não tenho condição, peço para sair'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Abad, sobre renúncia: 'Se achar que não tenho condição, peço para sair'

Pedro Abad - Presidente do Fluminense
MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC
LANCE! - 02/12/2018 - 20:09
Rio de Janeiro (RJ) 
A sensação é de alívio, mas a coletiva foi com clima de tensão. Foi com esse tom que Pedro Abad falou após a partida contra o América-MG, neste domingo, no Maracanã. Na sala de coletiva, o presidente fez um pronunciamento para a torcida tricolor, assumiu que o clube vive diversos problemas, mas afirmou que está planejando 2019 para resolver as questões pendentes. 

- Queria me dirigir ao torcedor. A situação hoje é de alívio por ter passado esse incômodo. Ano não teve resultado esportivo que a gente esperava e queria. Tivemos inúmeras dificuldades durante o ano. Atletas e funcionários fizeram jus à alcunha de guerreiro. Passamos grandes dificuldades e não fomos punidos com o rebaixamento. Temos muitos problemas, o clube inteiro tem. Mas vamos resolvê-los. Amanhã já começamos a nos reunir com todos os departamentos do clube. Com mais tranquilidade vamos focar nos problemas. Isso tudo para que possamos ter um 2019 melhor. Nós tivemos um leão hoje. No momento difícil o Fábio Moreno não fugiu. Encarou um grande desafio. Cometemos erros, acertamos algumas vezes e vamos tentar diminuir os erros. Temos pessoas de bem no clube, que sofreram comigo. São essas pessoas que vão levantar o Fluminense ainda mais. 

Pedro Abad está passando por um processo de impeachment no Conselho Deliberativo. Entretanto, a torcida pede jogo após jogo nas arquibancadas para que o mandatário renuncie ao cargo. O presidente falou sobre o processo, diz que não irá renunciar e foi enfático: "se sentir que não tem condição, pede para sair". 

- O processo de impedimento é democrático. Se algum dia eu achar que não tenho condição, o Fluminense é muito mais importante que eu. Peço para sair. Acho que tenho condições - declarou, antes de completar: 

- Convivo diariamente com pessoas da Flusócio e nunca me pediram para renunciar. Mas as versões se sobrepõem aos fotos. Nas redes sociais propagam o que dá interesse, não o que é real. Isso é coisa de rede social. 

Abad também completou falando sobre a montagem do elenco para 2019. Segundo o presidente, o planejamento já está iniciado, mas a questão sobre quem vai chegar e sair será decidido á partir desta semana, após o término do Campeonato Brasileiro. 

- Fluminense não começa a trabalhar amanhã. Já começou há tempos. Todos já receberam proposta de renovação. Quem vai ficar ou sair se desenrola a partir de amanhã. 

Facebook Lance Twitter Lance