Flamengo vai reajustar contrato para manter Maurício Barbieri
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Flamengo vai reajustar contrato para manter Maurício Barbieri

Flamengo x Paraná
Maurício Barbieri vai receber reajuste salarial no Flamengo ser efetivado (Andre Melo Andrade/Eleven)
Guilherme Abrahão - 11/06/2018 - 16:16
Rio de Janeiro (RJ)
O degrau a mais tão sonhado pelo técnico Maurício Barbieri vai acontecer na próxima semana. A diretoria do Flamengo vai confirmar o treinador no cargo até o final do ano e vai realizar um reajuste salarial com o clube. Profissional da comissão permanente do clube, Barbieri, não deve ter mudanças por agora no formação do vínculo.

Porém, o ótimo desempenho no comando, onde em 16 jogos foi derrotado apenas uma vez, lidera o Brasileiro, e avançou de fase na Copa do Brasil e na Copa Libertadores, fizeram com que Conselho Diretor aceitasse a manutenção dele no cargo. Pesava contra Maurício a pouca idade, que para muitos seriam um empecilho para comandar o estrelado elenco rubro-negro.

Contudo, não só os resultados foram avaliados. A forma de jogo do Flamengo foi crucial para a decisão. Para quem comanda o clube, os números não são o principal para este tipo de avaliação. Barbieri conseguiu resgatar o bom futebol de alguns jogadores, sem contar a ajeitada que deu no setor defensivo da equipe. Foram apenas sete gols sofridos até agora - em jogos oficiais - desde que assumiu o comando técnico, de forma interina.

Tanto Barbieri quanto a diretoria do Flamengo despista quanto o assunto é sua efetivação. Para eles, isso não muda o trabalho que vem sendo realizado, mas o treinador já foi informado que está seguro no cargo. Porém, o discurso segue apenas na confiança do trabalho.

- O Maurício Barbieri é o treinador do Flamengo. Faz parte da nossa comissão fixa e tem desenvolvido um ótimo trabalho. Estamos muito satisfeitos com o que tem feito - despistou o vice de futebol, Ricardo Lomba.

Carlos Noval, diretor de futebol, sempre foi o maior incentivador de Barbieri e conseguiu, na época, convencer Eduardo Bandeira de Mello a dar chance para o treinador. Quando assumiu o cargo, em paralelo com a saída de Paulo César Carpegiani, o dirigente pediu a chance para o técnico. A escolha, por ora, foi a mais sensata e acertada até aqui.

Com Maurício Barbieri, são 16 jogos oficiais, com dez vitórias, cinco empates e uma derrota. No amistoso de estreia, diante do Atlético-GO, também vitória, por 3 a 1. Ao todo, foram assinalados 27 gols pró e apenas 8 contra. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance