Vai ou fica? Guerrero volta, mas pode não atuar mais pelo Flamengo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vai ou fica? Guerrero volta, mas pode não atuar mais pelo Flamengo

Guerrero com a camisa do Farfán
Guerrero, a princípio, não deve mais jogar com a camisa do Flamengo, antes de resolver sua situação (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)
Guilherme Abrahão - 01/07/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
A passagem de Paolo Guerrero pelo Flamengo pode mesmo ter chegado ao fim na partida contra a Chapecoense, no dia 13 de maio. Mesmo com contrato até agosto, a diretoria, o jogador e seus agentes devem esperar, por agora, para colocar o camisa 9 da seleção e do Rubro-Negro de volta aos gramados. Guerrero é aguardado no Brasil nesta semana para decidir o que será feito do futuro.

O efeito suspensivo adquirido para disputar a Copa do Mundo não garante que ele poderá jogar pelo Flamengo. A diretoria, inclusive, quer se precaver. Não pensa em acertar qualquer tipo de renovação antes de saber o desfecho. Até porque, o prejuízo da suspensão por doping do jogador foi considerado enorme para as finanças do clube e o não existe a chance de correr o risco disso se repetir.

Um novo julgamento no Tribunal da Suíça ainda não está marcado. Em tese, ao retornar, ele poderá estar em campo no próximo dia 18, diante do São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, a diretoria não está confiante em colocá-lo para jogar.

O departamento de futebol tem informações que ele já avisou que não pretende jogar enquanto não resolver sua situação contratual. Pelos lados de Guerrero, existe a confiança em que ele não terá que cumprir mais oito meses de suspensão. Pelos lados do Flamengo, o temor. Por isso, a situação se encaminha para o adeus do peruano.

COMISSÃO CONTA COM PERUANO

O discurso oficial dos dirigentes é que Paolo Guerrero é jogador do Flamengo e que a vontade é da manutenção por muito mais tempo. Porém, quem mais quer contar, por agora, com o camisa 9 é a comissão técnica. O jogador, em tese, é o único centroavante à disposição para o jogo com o São Paulo.

A partida diante dos paulistas é considerada decisiva para os planos no Brasileiro. O São Paulo é o terceiro colocado, quatro pontos a menos do que o Flamengo. Uma derrota logo no retorno, para um concorrente direto, pode ser devastadora ao Rubro-Negro.

Sem Henrique Dourado, suspenso, e Felipe Vizeu vendido para o futebol italiano, apenas Paolo Guerrero é opção para o confronto. O jovem Lincoln integrado ao elenco também pode atuar ali, mas a ideia é contar com um jogador mais experiente.

- Guerrero é jogador do Flamengo, vai voltar a se incorporar ao elenco e vai nos ajudar bastante. Nossa intenção é continuar com ele por bastante tempo - disse, Eduardo Bandeira de Mello.

CONVERSAS ESTAGNADAS

As conversas iniciais para renovar o contrato foram estagnadas há cerca de dois meses. Antes mesmo de sair a nova suspensão do jogador, Flamengo e agentes não tinham se entendido.

O Flamengo queria renovar o contrato do peruano até dezembro, com prioridade por mais um ano. Já Paolo Guerrero gostaria de um ano e meio, renovável por mais um. A situação envolve também luvas foram um empecilho.

De 2015 para cá, o Flamengo já pagou cerca de R$ 36 milhões ao jogador de luvas e não quer pagar nada além do salário. Atleta e agentes pedem mais um comissionamento pela assinatura, outro fator que parou qualquer conversa.

Por fim, Guerrero queria focar apenas na Copa do Mundo e não abriu mais nenhuma rodada de conversas. Acreditava-se que um bom desempenho no Mundial poderia render um ótimo contrato para encerrar a carreira.

URIBE CORRE CONTRA O TEMPO

Recém-contrato, e sem jogar uma partida oficial desde maio, Fernando Uribe está tendo uma atenção especial para se recondicionar e estar pronto para fazer sua estreia com a camisa do Flamengo diante do São Paulo.

Com Uribe pronto, a situação de Guerrero pode ser discutida com mais calma, já que não será o momento de colocá-lo contra os paulistas. Para a diretoria, Guerrero não estará com a cabeça pronta para jogar um jogo dessa importância. Além disso, o Fla tem sequências decisivas no nacional, na Copa do Brasil e no Brasileiro.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance