Lincoln e Marlos ganham força para serem a dupla de ataque do Flamengo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Lincoln e Marlos ganham força para serem a dupla de ataque do Flamengo

Lincoln e Marlos Moreno
Lincoln e Marlos comemoram um dos gols no jogo-treino de sábado (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
LANCE! - 08/07/2018 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Uma nova dupla de ataque está sendo formada no Flamengo. Lincoln e Marlos Moreno, de 17 e 21 anos, respectivamente, estão sendo testados por Maurício Barbieri como titulares e a resposta é positiva. Com nomes como Guerrero, Henrique Dourado e Uribe à disposição, o técnico pode apostar nos jovens.

Marlos terá a missão de substituir Vinícius Júnior. Sem o rendimento esperado em seus primeiros meses na Gávea, o colombiano está evoluindo e foi elogiado por Barbieri recentemente. Sábado, o camisa 17 foi o destaque do jogo-treino contra o Nova Iguaçu - vitória por 3 a 0 -, atuando aberto pela esquerda.

Foi em uma tabelinha com Lincoln que o colombiano marcou o primeiro gol da atividade. Marlos ainda voltou a balançar a rede adversária aproveitando passe do lateral Rodinei. Quem fechou o placar no Ninho foi o volante Willian Arão.

Emprestado pelo Manchester City até o fim da temporada, o camisa 17 tem a evolução e desempenho acompanhada pelo clube inglês. Uma motivação a mais para o jogador que se destacou pelo Atlético Nacional, em 2016, mas não firmou-se na Europa - atuou pouco pelo Girona e Deportivo La Coruña.

Repetindo o bom futebol que fez o City o comprar por 10 milhões de euros, Marlos Moreno pode ser decisivo para o Flamengo no segundo semestre. E os próximos meses podem ser decisivos para a carreira do atacante colombiano.

CAPACIDADE DE FINALIZAÇÃO CONDICIONA LINCOLN À TITULARIDADE

Um dos talentos mais promissores das categorias de base da Gávea, Lincoln tem como uma de suas qualidades a finalização. O garoto sempre se destaca nos treinos técnicos realizados no Ninho do Urubu e a comissão técnica de Maurício Barbieri tem destacado atenção especial ao atacante de 17 anos.

A ideia é que Lincoln "exploda" no segundo semestre de 2018. A titularidade, porém, dependerá também das condições de Guerrero, Henrique Dourado e Uribe - jogadores à disposição do técnico com mais nome e peso que o garoto.

Como o futuro do peruano está indefinido, o recém-contratado ainda precisa ser regularizado e o Ceifador não chegou à pausa para o Mundial empolgando, Lincoln deve ganhar uma sequência entre os titulares no retorno do Brasileirão.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance