Zagueiro do Flamengo reconhece que suspensão de Guerrero abala o time
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Zagueiro do Flamengo reconhece que suspensão de Guerrero abala o time

Juan - Flamengo
Juan está em alta no setor defensivo (Gilvan de Souza / Flamengo)
RADAR - 14/11/2017 - 00:17
Rio de Janeiro (RJ)
Não é novidade que há uma pressão sobre o time do Flamengo. Na sétima colocação no Campeonato Brasileiro, com 50 pontos, o Rubro-negro briga por uma vaga na Libertadores nesta reta final de competição. Muitos falam que o desempenho do time este ano foi decepcionante principalmente por causa do alto investimento no elenco de jogadores. Ao ser questionado sobre isso, Juan, zagueiro do Flamengo, disse que o rendimento do time foi realmente aquém do que poderia ter sido:

- Eu particularmente não concordo com a palavra decepcionante, acho um pouco forte. Mas sim abaixo da expectativa que foi criada pelo clube, tanto dos torcedores como nós mesmo, jogadores. Com os nomes que chegaram, a gente tinha condição de estar mais alto no Brasileiro, na tabela. Mesmo ganhando o Carioca, chegando na final da Copa do Brasil, o nosso objetivo do ano era a Libertadores e a gente fez uma Libertadores muito aquém daquela que a gente poderia fazer. Ficou uma cicatriz aberta durante todo o ano. Acho que, talvez, se a gente tivesse ganho a Copa do Brasil, com a vaga para Libertadores, a gente teria mais tempo e mais tranquilidade para projetar o 2018. Mas, infelizmente, não aconteceu e a gente tem que focar na reta final - ressaltou o jogador.

Ele também enfatizou que o abalo da desclassificação do Fla na Libertadores deste ano foi grande e que os jogadores lamentam até hoje:

- Por mais que a gente tente esquecer, porque a gente também se cobra muito e a gente também lamenta muito esse fato de não ter ido mais longe na Libertadores. Isso só vai acabar se a gente conseguir classificar de novo o Flamengo. É um objetivo nosso, dos jogadores, e um objetivo do clube também.

Juan também destacou que o investimento feito no clube nos últimos anos foi grande e que os jogadores têm que ter o compromisso de disputar a taça Libertadores com frequência:

- Eu acho que o Flamengo por tudo que ocorreu nesses últimos anos, em termos de financeiro, reestruturação do clube, de credibilidade e pelos jogadores que a gente tem que são todos jogadores de qualidade, a gente precisa ficar jogando anos e anos na Libertadores. Com o potencial que tem o Flamengo, com toda a estrutura hoje que o clube dá, e pelos jogadores que têm, a gente precisa jogar com frequência a Libertadores - reforçou.

Sobre a polêmica do Guerrero, atacante do Flamengo suspenso preventivamente pela Fifa por 30 dias, Juan disse que afeta o time. O peruano foi pego no exame antidoping com a substância benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína.

- Abala. Antes de tudo pela pessoa, pelo amigo que é. Pelo momento que ele tava vivendo, não só no Flamengo como na seleção peruana. A gente acompanhou o sonho dele durante essas eliminatórias de levar o Peru de novo para a Copa do Mundo. E depois, tecnicamente é um jogador que faz muita falta para o flamengo - lamentou o zagueiro.

icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance