Flamengo joga dois tempos distintos, para deixar Renato em dúvida
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Flamengo joga dois tempos distintos, para deixar Renato em dúvida

  •  Atlético-GO x Flamengo
    Fla venceu o Atlético-GO com dois gols no meia Diego. Confira a seguir galeria com imagens da partida CARLOS COSTA/FUTURA PRESS
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atlético-GO x Flamengo
    Atlético-GO x Flamengo Paulo Marcos
  •  Atético-GO x Flamengo
    Atético-GO x Flamengo Frame/Globo
Guilherme Abrahão - 07/04/2018 - 17:54
Rio de Janeiro (RJ)
Era só um amistoso. Mas tinha muita coisa em jogo para o Flamengo. Apesar do rival ser o Atlético-GO – que está na Série B do Brasileiro – o Fla precisava de uma atuação convincente. Mas não para a sua torcida, ainda. Para Renato. E se o treinador assistiu a partida inteira, ele ficou dividido. Se assistiu apenas um dos dois tempos, pode ter se decidido. A vitória de 3 a 1, na tarde deste sábado, foi construída de virada. Diego, duas vezes - sendo um deles espetacular - e Henrique Dourado marcaram. Joanderson abriu o placar para o Dragão e fez o gol de honra.

VIU O PRIMEIRO TEMPO?
Se os flamenguistas estavam otimistas em contar com Renato Gaúcho como novo treinador, torçam para que ele não tenha desligado a televisão no intervalo. O primeiro tempo do Flamengo foi assutador. Apesar de maior posse de bola e um certo domínio, um time totalmente inoperante. Viu o Atlético sair na frente em um show de falhas. Nenhuma triangulação e nenhuma infiltração. Assutador para Renato.

VIU O SEGUNDO TEMPO?
O Flamengo foi outra equipe. Precisou de apenas dois minutos para virar a partida. Mostrou que tem jogadores decisivos, que podem ajudar no restante da temporada. O futebol do segundo tempo mostrou que o Fla pode ir longe. Em especial de Diego, que fez um golaço. Basta extrair o melhor desses jogadores, algo que Renato é especialista. Se viu só isso, certo que ele gostou do que viu.

VIU O JOGO TODO?
Aí Renato, com certeza, deve ter ficado com dúvidas do que fazer. Será que esse Flamengo só joga quando quer? Oscila de uma forma que sempre precisará correr atrás do resultado? Como um todo, o treinador viu que terá trabalho pela frente, caso aceite o desafio. E sem dúvidas será o maior de toda sua carreira. O elenco é cobrado - e muito - por conquistas. E Renato chegaria como o salvador da pátria.

ESTREIA DE BARBIERI
Com certeza o jovem treinador deu um puxão de orelha em seu time. A mudança de postura de um tempo para o outro foi paupável. Iniciou o jogo como Carpegiani gostava de jogar - sem inventar muito - no famoso 4-1-4-1 e manteve essa pegada. Inclusive as alterações feitas não mudaram a forma do Fla atuar. Tem pouco tempo, nem sabe se será efetivado, mas precisa chacoalhar o elenco.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1X3 FLAMENGO

Local: Olímpico, Goiânia  (GO)
Data-Hora: 7/4/2018 - 16h
Árbitro: Bruno Resende (GO)
Auxiliares: Hugo Corrêa e Tiego dos Santos (ambos de GO)
Público/renda: Não divulgado.
Cartões amarelos: Bruno Santos (AGO)
Cartões vermelhos: -
Gols: Joanderson (23'/1ºT), Diego (20"/2ºT), Henrique Dourado (3'/2ºT) e Diego (26'/2ºT)

ATLÉTICO-GO: Klever, Alisson (Luan), William Alves, Renê e Bruno Santos; Romulo, Warian (João Paulo), Fernando e Tomás Bastos (Pablo); Julio Cesar e Joanderson (Tito).  Técnico: Cláudio Tencatti.

FLAMENGO: Cesar (Julio Cesar), Rodinei (Pará), Réver (Léo Duarte), Juan (Thuler) e Renê (Trauco); Cuéllar (Jonas); Lucas Paquetá (Vinicius Júnior), Diego (Jean Lucas), Everton Ribeiro (Willian Arão) e Everton (Marlos); Henrique Dourado (Lincoln). Técnico: Maurício Barbieri

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance