menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ilha do Urubu ganha Posto do Juizado do Torcedor

  •  Ilha do Urubu
    Ilha do Urubu Fotos: Gilvan de Souza / Flamengo
  •  Ilha do Urubu - Flamengo x Palestino
    Ilha do Urubu - Flamengo x Palestino João Pedro Granette
  •  Flamengo x São Paulo - Ilha do Urubu
    Flamengo x São Paulo - Ilha do Urubu LANCE!
  •  Ilha do Urubu - Flamengo x Grêmio
    Ilha do Urubu - Flamengo x Grêmio Reprodução / Twitter
  •  Ilha do Urubu - Flamengo x Grêmio
    Ilha do Urubu - Flamengo x Grêmio Reprodução / Twitter
  •  Flamengo x São Paulo - Ilha do Urubu
    Flamengo x São Paulo - Ilha do Urubu Divulgação
  •  Ilha do Urubu - Flamengo x Santos
    Ilha do Urubu - Flamengo x Santos João Pedro Granette
LANCE! - 10/08/2017 - 18:11
Rio de Janeiro (RJ)
Torcedores rubro-negros e o público em geral contam agora com um novo espaço para resolver os problemas que ocorram dentro ou fora do Estádio Luso-Brasileiro, chamado de Ilha do Urubu, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. Na noite de quarta-feira, dia 9, pouco antes do jogo entre Flamengo e Palestino (Chile) - válido pela Copa Sul-Americana - o Tribunal de Justiça do Rio inaugurou no local o Posto Avançado do Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos.

Com isso, o atendimento, que era feito através de uma unidade móvel, passa a ser realizado no segundo andar do departamento de futebol da Associação Atlética Portuguesa, dona do estádio. Além do gabinete do juiz e da sala de audiências, o espaço conta com salas reservadas para o Ministério Público, para a Defensoria Pública, para a Polícia Civil e uma carceragem.

Representando o presidente do TJRJ, desembargador Milton Fernandes de Souza, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Claudio de Mello Tavares, disse acreditar que a inauguração do posto é uma forma de inibir a violência no futebol e resgatar o clima familiar.

- Não é justo que sejamos impedidos de frequentar os estádios por conta da ação de alguns vândalos - afirmou o corregedor.

Pacificação nos estádios

Já o desembargador Mauro Pereira Martins, presidente da Comissão Judiciária de Articulação dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais em Eventos Esportivos, Culturais e Grandes Eventos (CEJESP), destacou que o Juizado é um instrumento importantíssimo para a pacificação dos estádios.

- Cenas de violência, que no passado eram muito frequentes, hoje em dia são raras e isso se deve em grande escala à atuação firme do Juizado. Eu não tenho dúvida de que, em função dessa atuação, nós temos uma situação melhor de pacificação. Ainda está longe do ideal, mas já avançamos bastante - disse o desembargador.

Atuante desde 2003, o Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) ultrapassou a marca de 1.565 transações penais (quando o infrator recebe pena não privativa de liberdade em troca da pena alternativa), 253 prisões e 486 pessoas afastadas por envolvimento em confusões nas partidas.

O desembargador Mauro Martins agradeceu ainda o apoio de magistrados e servidores do TJRJ envolvidos no projeto, destacando em particular a atuação do juiz Marcello Rubioli, juiz auxiliar da Presidência do TJRJ e titular do Juizado Adjunto do Torcedor e dos Grandes Eventos.

A inauguração na Ilha do Urubu contou com a presença de desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça, do procurador-geral de Justiça do Rio em exercício, Eduardo da Silva Lima Neto; da coordenadora-geral de Programas Institucionais e Grandes Eventos da Defensoria Pública, Daniella Vitagliano; e do presidente da Associação Atlética Portuguesa, João Maria do Rego Gonçalves.

SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance