Gabigol não se incomoda com troca de posições no Fla: 'É uma coisa boa'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Gabigol não se incomoda com troca de posições no Fla: 'É uma coisa boa'

LDU x Flamengo Gabigol
Gabigol encara a marcação da LDU, em partida pela Copa Libertadores (Foto: Rodrigo Buendia/AFP)
LANCE! - 03/05/2019 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Ora centralizado, ora aberto pela direita: assim tem sido a rotina de Gabigol no Flamengo. O técnico Abel Braga tem optado por escalar Bruno Henrique como centroavante, dando liberdade para a movimentação da dupla e os trocando de função durante as partidas. Segundo o camisa 9, as trocas são naturais, reforçando que está à disposição para atuar em qualquer lugar do campo. 

- Nosso time tem jogadores que podem jogar em várias posições. Estou à disposição pra jogar em qualquer uma. Creio que é uma coisa boa, se acertarmos a movimentação, vão sair os gols, como vem acontecendo - disse.




A dupla é responsável por 21 dos 48 gols em 2019. A produção ofensiva é boa, mas ainda há onde melhorar e, nas últimas atuações, Gabigol não apresentou omelhor futebol. Quando posicionado distante da área, o jogador não oferece o seu melhor, além de ter dificuldades em cumprir as obrigações defensivas.

As trocas no posicionamento não se restringem a Bruno Henrique e Gabigol. Everton Ribeiro e Arrascaeta - que completam o setor ofensivo titular nas últimas partidas - também têm sido trocado de posições por Abel Braga. O uruguaio, por exemplo, já foi escalado aberto dos dois lados antes de ser o meia central, função na qual destacou-se pelo Cruzeiro nos últimos anos.

De volta ao Rio de Janeiro, o elenco rubro-negro treina no CT Ninho do Urubu nesta tarde, às 15h. Será o primeiro treino visando o jogo contra o São Paulo, pelo Brasileirão, neste domingo. Por conta da decisão contra o Peñarol (URU) na próxima quarta, pelo Grupo D da Copa Libertadores, A tendência é de que o treinador Abel Braga escale uma equipe alternativa no Estádio do Morumbi.

Gabigol, contudo, se colocou à disposição do técnico para o confronto.

- Eu mesmo quero jogar, e sei que todos querem atuar em um clássico desse tamanho. Temos dois treinamentos antes do jogo contra o São Paulo para definir isso. Vamos deixar nas mãos dele - finalizou o camisa 9 do Flamengo.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance