Carpa inverte Paquetá e Éverton Ribeiro e meias têm tempos distintos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Carpa inverte Paquetá e Éverton Ribeiro e meias têm tempos distintos

Boavista x Flamengo
Paquetá fez um bom primeiro tempo contra o Boavista, mas caiu na etapa final (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
LANCE! - 08/03/2018 - 06:00
Volta Redonda (RJ)
Diante do Boavista, o Flamengo fez sua última partida antes da "decisão" contra o Emelec (EQU) pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, em Guayaquil. Além dos bonitos gols e a reestreia de Julio Cesar, a vitória teve um destaque tático. Carpegiani inverteu o posicionamento de Paquetá e Everton Ribeiro.

Acostumado a ser o homem mais aberto pela direita na linha de quatro meias, Éverton Ribeiro começou o jogo atuando pela faixa central, mais recuado e ao lado de Diego. Faltou sintonia com o xará Everton nos primeiros lances, mas a segunda etapa foi de boa participação. No principal lance, deixou o camisa 22 na cara do gol, mas o goleiro Rafael, do Boavista, saiu bem e evitou o gol.

Lucas Paquetá, por sua vez, não sentiu a mudança o deslocamento para o lado direito do gramado. No primeiro tempo, arriscou alguns lances de efeito e fez as principais jogadas do Rubro-Negro, até sofrendo faltas na entrada da área.

Na etapa final, caiu de produção, mas fechou o placar com um golaço de falta.


O teste de Carpegiani já foi visando o jogo contra o Emelec, em Guayaquil. No dia 14, o Fla vai ao Equador atuar pela segunda rodada da Copa Libertadores.

O confronto já ganhou caráter decisivo após a estreia frustrante diante do River Plate (ARG): empate em 2 a 2 no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Como o Fla funcionou contra o Boavista, com Paquetá e E. Ribeiro "invertidos":

A formação mais utilizada pelo técnico Carpegiani nesta temporada:

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance