De empenhado a polêmico! Saiba algumas impressões sobre recentes trabalhos de Carpegiani
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

De empenhado a polêmico! Saiba algumas impressões sobre recentes trabalhos de Carpegiani

  •  Paulo César Carpegiani terá pouquíssimo tempo para montar o time rubro-negro
    Paulo César Carpegiani foi anunciado como técnico do Flamengo na última segunda-feira (Divulgação / Flamengo)
  •  Paulo César Carpegiani
    O sucessor de Rueda foi apresentado no dia seguinte (Foto: João Pedro Granette/Lancepress!)
  •  Flamengo x Liverpool
    Lembranças de Carpegiani como técnico têm títulos brasileiro, uma Libertadores e um Mundial Interclubes Flamengo campeão do mundo de 1981 (Foto: Sebastião Marinho / Agência O Globo)
  •  Paulo Cesar Carpegiani - Treino do Bahia
    Carpegiani voltou a ganhar destaque por trabalho no Bahia em 2017 Marcelo Malaquias/Divulgação Bahia
  •  Paulo César Carpegiani
    Técnico tirou a equipe do Z4 e quase a levou à Libertadores Felipe Oliveira/E.C Bahia
  •  Paulo César Carpegiani
    Passagem no Coritiba foi turbulenta (Divulgação/Coritiba)
  •  Paulo César Carpegiani
    Técnico tirou equipe do Z4 em 2016, mas foi demitido no início do ano seguinte (Divulgação/Coritiba)
  •  Carpegiani na seleção do Paraguai - Copa de 1998
    Técnico se destacou no futebol paraguaio, e comandou a seleção do Paraguai na Copa de 1998 (Foto: Reprodução)
Vinícius Faustini - 10/01/2018 - 14:59
Rio de Janeiro (RJ)
A busca de Paulo César Carpegiani vai muito além de levar o Flamengo de volta ao rumo das grandes conquistas. Desembarcando para sua terceira passagem na Gávea, o técnico visa comprovar que, mesmo diante de vários ciclos do futebol, ele segue empenhado em montar times de qualidade.

A postura de Carpegiani no Bahia mantém esta boa perspectiva. Em seu trabalho mais recente, ele tirou a equipe do Z4 do Brasileirão e quase a classificou para a Copa Libertadores de 2018.

De acordo com o auxiliar do Tricolor de Aço, Preto Casagrande, um trunfo evidenciado nesta mudança de patamar da equipe no decorrer do Brasileirão de 2017 pode ser crucial para o Rubro-Negro de 2018:

- É um cara que não tem receio de tentar e, por ter um grande histórico de títulos, os jogadores o respeitam muito. O fato de não ter medo de arriscar foi fundamental para que o Bahia tivesse a ascensão que teve na reta final do Brasileirão - afirmou, ao LANCE!.

- No trabalho, Carpegiani é um treinador centralizador, gosta de ter as ações bem próximas a ele. Seu convívio com os jogadores e com a comissão sempre foi muito saudável, em especial porque ele gosta desse domínio de ações.

Repórter do "Bahia Notícias", Ulisses Gama detalhou que a motivação da equipe também foi importante para a equipe baiana com Carpegiani:

- Quando chegou, havia muito trabalho. Mas, mesmo assim, (Carpegiani) arregaçou as mangas. Em treinos táticos, ele tinha uma cobrança imensa, parando muito para corrigir posicionamento, e tudo de forma bem explicada. Também buscou valorizar muito o grupo, explicava para a imprensa todo o trabalho - disse, ao L!

As boas impressões em território baiano não ficaram restritas à temporada passada. Campeão baiano em 2009 sob o comando de Carpegiani no Vitória, o ex-meia Ramón exaltou que a intensidade nos treinos contribuiu para o título e para seu aprendizado:

- Aprendi muito com o Carpegiani. É um treinador muito inteligente, muito tático e, com isto, faz o jogador entender o seu posicionamento na partida. Tenho muita admiração por ele. A prova disto é o grande trabalho que ele fez recentemente no Bahia.

Os elogios ao estilo de Carpegiani trabalhar expandiram fronteiras. Mesmo décadas depois, o técnico é lembrado por seus antigos comandados em território paraguaio, como o ex-volante Enciso.

- Tive a honra de trabalhar com Carpegiani no Cerro Porteño e, mais tarde, na seleção do Paraguai. E foi sempre excelente. Carpegiani é um profissional brilhante, que não se poupa em trabalhar duro no dia a dia - declarou, em contato com o LANCE!.

O ex-jogador, que, teve passagem de destaque no Brasil pelo Internacional, contou sobre a rotina de treinos com Carpegiani no Cerro Porteño:

- Ele (Carpegiani) estava sempre disposto a criar jogadas, parar e a gente corrigir até entender. O dia a dia com os jogadores era muito bom, e isto é importante. Na seleção, convivíamos menos, por não termos muito tempo para treinar, mas foi um privilégio que tive voltar a trabalhar com ele no Paraguai.

NO CORITIBA, UMA PASSAGEM TURBULENTA

Porém, nem tudo são elogios a Paulo César Carpegiani. De acordo com o jornalista Daniel Piva, da Rádio Transamérica Curitiba, sua passagem no Coritiba,entre 2016 e 2017, ficou longe de deixar saudades:

- Em um primeiro momento, o Paulo César Carpegiani fez um trabalho suficiente e evitou que a equipe terminasse no Z4 do Brasileirão. Porém, sua opção por liberar os titulares na última rodada da Série A de 2016, em virtude do adiamento ocorrido pelo acidente da Chapecoense, custou caro. A equipe perdeu para a Ponte Preta e ficou sem a vaga da Copa Sul-Americana.

Na temporada seguinte, as críticas aumentaram, e a situação do técnico ficou mais complicada:

- O Coritiba caiu na segunda fase da Copa do Brasil, ainda em fevereiro, e ficou o ano todo só com Estadual e Brasileiro. Aquilo foi a gota d´água. O Carpegiani ainda tinha frequentes problemas com jogadores, em especial o Kleber Gladiador, e membros da comissão técnica, além de ignorar o pessoal da Unific, departamento de análises de desempenho. O Alex Brasil, que foi gerente de futebol do Coxa, chegou a dizer ao fim de 2017 que a renovação do Carpegiani foi um erro, e que, quando ele foi demitido, viu jogadores jogando a chuteira para cima em comemoração por sua saída.

EX-COLEGAS DE TRABALHO VEEM COM OTIMISMO SUA IDA PARA FLAMENGO

O fato de Paulo César Carpegiani estar de volta ao Flamengo foi visto com elogios por quem trabalhou com ele. Aos olhos de Preto Casagrande, a firmeza do técnico será fundamental para a equipe:

- O Flamengo tem um dos melhores elencos do país, e o desejo de Carpegiani em sempre arriscar até achar o melhor de cada jogador será muito importante - disse o ex-auxiliar-técnico de Carpegiani no Bahia, ao L!.

Para o ex-volante Enciso, a intensidade do treinador pode ditar o ritmo do Flamengo:

- Carpegiani trabalha muito, é um técnico muito organizado. Seu estilo ajudará a grande equipe do Flamengo.



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance