Dorival exalta 'mudança de postura' do Flamengo e faz elogios a Paquetá
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dorival exalta 'mudança de postura' do Flamengo e faz elogios a Paquetá

Corinthians x Flamengo
Dorival conseguiu a primeira vitória à frente do Flamengo (Luis Moura / WPP)
LANCE! - 06/10/2018 - 00:07
São Paulo (SP)
O técnico Dorival Júnior enalteceu a mudança de postura demonstrada pelo time do Flamengo, que venceu o Corinthians por 3 a 0, na noite desta sexta-feira, na Arena Corinthians. O treinador, por outro lado, lembrou que, nesta segunda partida à frente do time rubro-negro, ainda há muito do trabalho feito por Maurício Barbieri.

- Grande partida, bem disputada. Equipes não se preocuparam excessivamente com marcações. Acho que foi jogo agradável de se assistir. O trabalho, neste momento, ainda tem muito do Maurício. É continuar acreditando, melhorando. Aquela passividade parece que foi quebrada. Contra o Bahia, com toda aquela carga de durante a semana (eliminação na semifinal da Copa do Brasil), vimos uma mudança importante, a busca incessante pelo resultado. Fico feliz de ter visto uma equipe vibrante, guerreira, agressiva e valorizando a forma com foram construídos os gols - disse.

O treinador do Flamengo também fez elogios ao meia Paquetá, que foi autor de dois gols do triunfo rubro-negro, e comentou as oscilações do camisa 11 e do atacante Vitinho.

- Acho que é uma oscilação natural. Até pela sequência de jogos. Se não me valha a memória, são quase 60 jogos da temporada. Impossível, até pelo nível de exigência, manter a postura. Vitinho chegou há alguns meses, no fim da temporada europeia, normal que tenha dificuldade. Paquetá é um excelente jogador. Tem todos os quesitos possíveis para se tornar um grande jogador e espero que atinga tudo isso, que possa ir melhorando a cada momento já que apresenta uma condição diferenciada - afirmou.


E MAIS:
Veja outros tópicos da entrevista

Atuação


Resultado muito importante, mas é perigoso achar que, a partir dele, poderemos repetir essas atuações. A cobrança vai existir. Temos de trabalhar para ficar nesse nível se quisermos chegar (mais longe no campeonato), incomodar quem está mais à frente nesse momento. Foi um exemplo daqui por diante.

Postura

Poucas equipes conseguiram jogar dentro de Salvador. Bahia é forte lá. É a segunda partida que não sofremos gols e é mais um detalhe que chama a atenção. A equipe começou a despertar um pouco mais. Isso é fundamental para a nossa sequência.

Campeonato Brasileiro

O campeonato esta muito disputado em todos os setores, tanto na parte de cima, como na intermediária e entre as equipes que brigam mais afastadas. Temos de manter essa postura que foi apresentada. O que foi mostrado contra o Bahia, nos mostrou que poderíamos. Flamengo foi agressivo.

Paquetá

O Paquetá é um jogador diferente. É um garoto com a cabeça no lugar. Natural que, de repente, oscile. Até por causa da quantidade de jogos e tudo aquilo que está acontecendo na vida dele. Paquetá manteve essa essência, o interesse de querer melhorar e humildade. Peça essencial para que o Flamengo consiga os resultados.

Estratégia

Estratégia tática, se não houver entrega e comprometimento, não adianta. Pode ter a melhor semana possível de treinamento, onde foi detectado correções que foram importantes, mas se não houvesse mudança de comportamento, não teríamos saído do lugar. Agora, talvez, estaríamos amargando um resultado negativo. Essa situação assimilada pelos jogadores e colocada em prática, fez a gente conseguir um resultado importante.

Atacante

Acho que temos de ter um pouco de paciência com esses jogadores que estão chegando. O Uribe é um jogador de nível, que foi muito observado para ser contratado. Não é atleta qualquer. Esperar para nos dar resposta. Henrique (Dourado) também está aí, preparado. Lincoln é um jovem. Tudo acontecendo com calma. Estamos trabalhando o observando todos eles.

Facebook Lance Twitter Lance