Confiante com Renato, Fla já estuda termos do contrato a ser oferecido
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Confiante com Renato, Fla já estuda termos do contrato a ser oferecido

Renato Gaúcho
Renato Gaúcho pode ser o novo técnico do Flamengo (Lucas Uebel/Divulgação)
Guilherme Abrahão - 05/04/2018 - 17:01
Rio de Janeiro (RJ)
A escolha do Flamengo em investir em Renato Gaúcho para ser o novo treinador não foi apenas pelo bom momento que o técnico vive em sua carreira. O Rubro-Negro, nas reuniões com o Conselho Diretor, levou em aspecto vários pontos que foram decisivos para bater o martelo e iniciar os primeiros contatos para a contratação. E após as primeiras informações buscadas, a confiança aumentou consideravelmente, a ponto do clube já debater termos do contrato que será oferecido.

Precavendo-se para não acontecer erros como foi no caso de Reinaldo Rueda, o Flamengo pensa em colocar cláusula que envolva algum convite de Renato para treinar a Seleção Brasileira. Entretanto, dificilmente o treinador vai aceitar esses termos, já que para muitos ele pode ser o sucessor de Tite, caso o treinador resolva sair após a Copa do Mundo. 

Além disso, com a confiança em alta, a atual diretoria do Flamengo já começa a costurar um acordo com todas as chapas, que vão concorrer à presidência no final do ano, para confirmar o contrato de duas temporadas. Um dos pedidos de Renato é que o vínculo seja de dois anos com multa rescisória em caso de rompimento, o que lhe garante uma maior segurança financeira.

Apesar de ainda não ter candidatos confirmados para disputar às eleições presidenciais do Flamengo, a diretoria marcou para esta semana reuniões com os líderes de cada chapa para discutir a situação de Renato, juntamente com todo o Conselho Diretor. 

De todos os nomes apresentados para assumir o comando técnico do Flamengo, Renato Gaúcho foi o único que teve seu nome aprovado de forma majoritária, o que ajuda na hora de definir os termos do vínculo. Pessoas ligadas ao treinador dão como certo que com esses detalhes, ele vai aceitar o desafio.

Para ficar com Renato, o Flamengo terá de desembolsar cerca de R$ 700 mil de multa par ao Grêmio e o clube vai oficializar a proposta para a diretoria, logo após o término do Campeonato Gaúcho. Com o aval dos gremistas para abrir negociações, o Fla irá apresentar o termos do contrato, dos quais Renato está ciente.

O próprio treinador aumentou a confiança na Gávea ao final da partida de quarta-feira, diante do Monagas (VEN), pela Copa Libertadores, quando foi questionado sobre o interesse rubro-negro.

- Sou funcionário do Grêmio, muito feliz, estou em uma semana de decisão. Minha cabeça está totalmente voltada para domingo. Mas no domingo, se vocês fizerem a mesma pergunta, talvez eu tenha uma resposta diferente - afirmou o treinador.

Oficialmente, a diretoria do Grêmio segue tranquila e sabe que o Flamengo irá oficiliazar o interesse. Sendo assim, a direção vai deixar a decisão nas mãos do treinador.

- É o treinador do Grêmio e não há por que se preocupar. Não chegou nada do Flamengo, do Renato ou do empresário Gerson Oldenburg. Não chegou absolutamente nada. Ele está aqui, está com a cabeça aqui, a gente nota. Sabe o grupo que tem - comentou o vice de futebol, Duda Kroeff.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance